Brasil já opera Terminal Logístico do Arroz
CI
Imagem: Pixabay
EXPORTAÇÃO

Brasil já opera Terminal Logístico do Arroz

Primeiro terminal de exportação da cultura embarca primeira carga
Por: -Eliza Maliszewski

O Brasil já opera o primeiro terminal logístico exclusivo para o arroz. A estrutura fica junto ao Porto de Rio Grande, na cidade de mesmo nome, no Rio Grande do Sul. Cerca de 29,4 mil toneladas de arroz em casca serão embarcadas até esta terça-feira (6), sendo 24 mil para a Costa Rica e 5 mil para a Nicarágua. 

O local já atuava na exportação do grão mas esta é a primeira operação no Terminal Logístico do Arroz (TLA), antiga estrutura da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (CESA) que foi extinta. O terminal passou por reformas nos últimos cinco meses e tem capacidade para armazenar 60 mil toneladas e já está recebendo cargas vindas de caminhões desde o começo de março. 

Antes do TLA o arroz disputava espaço nos armazéns do porto com outros grãos como a soja e acabava sendo exportado apenas na entressafra da oleaginosa, quando sobrava espaço de armazenagem. “Haviam duas opções: ou não se exportava e o Brasil deixava de enviar o produto ou se armazenava nos terminais retroportuários, uma maneira cara e demorada”, disse Fernando Fuscaldo Júnior, um dos sócios do TLA.

Atualmente apenas 10% do arroz produzido no país é exportado mas é responsável por manter o preço do mercado. Somente o Estado gaúcho, maior produtor do grão, deve colher cerca de 7,6 milhões de toneladas e exportar cerca de 1 milhão. O arroz brasileiro segue para destinos como Venezuela, Cuba e as já citadas Costa Rica e Nicarágua, além de países africanos. No ano passo houve a primeira exportação para o México que compra, tradicionalmente, dos Estados Unidos.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink