Brasil perde produção de 30 milhões de toneladas por ano de grãos

Agronegócio

Brasil perde produção de 30 milhões de toneladas por ano de grãos

Os principais motivos dessas perdas se devem a fatores de informalidade e ilegalidade no uso de sementes e que acabam prejudicando toda a cadeia produtiva do agronegócio, inclusive o comércio internacional
Por: -Silvano
24 acessos

"O Brasil perderá divisas de US$ 70 milhões na safra 2006-2007 e a Embrapa deixará de arrecadar, somente no caso da soja, R$ 20 milhões em royalties, que deveriam ser investidos em pesquisa e desenvolvimento de variedades adequadas às condições brasileiras." O alerta foi dado nesta terça-feira (07-08), em Brasília, por Ywao Miyamoto, presidente da Abrasem (Associação Brasileira de Sementes e Mudas), durante Audiência Pública realizada pela Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. Os principais motivos dessas perdas, segundo ele, se devem a fatores de informalidade e ilegalidade no uso de sementes e que acabam prejudicando toda a cadeia produtiva do agronegócio, inclusive o comércio internacional.

O prejuízo brasileiro, de acordo com o presidente da Abrasem, ganha ainda mais importância quando se sabe que, com a atual redução de 15% do plantio de soja nos Estados Unidos, em função da expansão de produção de milho, o Brasil e a Argentina disputarão, a partir de agora, a liderança mundial da produção de soja. "O Brasil não deveria colocar em risco essa liderança por causa de fatores de informalidade e ilegalidade, que podem ser combatidos pelo governo, pelas lideranças do agronegócio e pelos produtores", acredita Miyamoto.

Sob o tema "Os Atuais Fatores de Risco para a Sobrevivência do Agronegócio", a audiência pública foi requerida pelo deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR) e abordou, entre outros tópicos, os riscos de desestruturação da pesquisa agrícola decorrentes da prática de pirataria de sementes. De acordo com Miyamoto, a safra 2006-2007, estimada em cerca de 130,5 milhões de toneladas de grãos, na verdade, deveria ser de 160 milhões de toneladas. "Temos a obrigação de alertar a todos sobre esse desvio que ameaça a todos", acrescentou.

Foram convidados para a Audiência Pública da Comissão de Agricultura da Câmara os seguintes palestrantes: Dr. Alécio Maróstica, representante da CNA na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Insumos Agrícolas do Ministério da Agricultura/MAPA; Dr. Helington José Rocha, diretor de Propriedade Intelectual do Ministério da Agricultura/MAPA; Dr. Ivo Carraro, da OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras; Dr. José Roberto Rodrigues Peres, gerente geral de Transferência de Tecnologia da EMBRAPA; Dr. Adoniran Sanches Peraci, secretário de Agricultura Familar (SAF/Pronaf) do MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário; e Dr. Ywao Miyamoto, presidente da Abrasem- (Associação Brasileira de Sementes e Mudas). As informações são da assessoria de imprensa da Abrasem.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink