Brasil plantará menos algodão em 2012/13, diz Conab
CI
Agronegócio

Brasil plantará menos algodão em 2012/13, diz Conab

Devem ser semeados entre 1,01 milhão e 1,11 milhão de ha
Por:
A área de algodão plantada no Brasil na safra 2012/13 deve cair entre 20 e 27 por cento, disse nesta terça-feira a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em sua primeira estimativa para a nova temporada.

Devem ser semeados entre 1,01 milhão e 1,11 milhão de hectares, com retração média de 331,7 mil hectares antes 2011/12.

"A referida retração está relacionada a fatores como: câmbio, baixas cotações do produto nos mercados interno e externo, menor vantagem comparativa com a soja, notadamente na região centro-sul e, sobretudo a forte elevação dos custos de produção", disse a companhia em nota.


A redução de área em Mato Grosso do Sul, Goiás e Mato Grosso será de 29,5 por cento, 23,5 por cento e 21 por cento, respectivamente.

O plantio deverá ter início na segunda quinzena de outubro em São Paulo, Paraná e sul de Mato Grosso do Sul. Em regiões como Mato Grosso, Goiás e oeste da Bahia, a semeadura ocorre nos meses de novembro e dezembro, podendo prolongar-se até janeiro.


Se as condições de clima permanecerem estáveis, a Conab projeta redução na produção de algodão em pluma de 325,3 mil toneladas, para entre 1,485 milhão e 1,632 milhão de toneladas.

A companhia projeta oferta total em 2,079 milhões de toneladas em 2012/13, incluindo estoque de passagem ao final de 2012, um volume considerado "suficiente para atender as necessidades da demanda interna com exportação e consumo da indústria têxtil." 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink