Brasil pode ganhar mercado com anúncio de vaca louca no Canadá

Agronegócio

Brasil pode ganhar mercado com anúncio de vaca louca no Canadá

Por:
1 acessos

O Brasil, maior exportador mundial de carne bovina, poderá ampliar seus mercados após o anúncio do novo caso de doença da "vaca louca" no Canadá, segundo analistas de mercado e representantes do setor.

"Devemos aproveitar e mostrar que o Brasil tem sanidade e qualidade" afirma Marcus Vinicius Pratini de Moraes, presidente da Associação Brasileira da Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec). Segundo ele, a meta para 2005 é abrir mercados onde o preço da carne é mais alto, como os Estados Unidos, Canadá, México, Japão e Coréia do Sul.

Para Pratini de Moraes, o novo caso confirmado de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) no Canadá confirma que não existe risco epidemiológico zero e, por isso, o Brasil precisa ampliar os recursos aplicados no combate às doenças e a atenção aos países vizinhos.

"O caso ratifica nossa hegemonia", acredita Antenor Nogueira, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). De acordo com Paulo Molinari, consultor da Safras & Mercado, com a confirmação da doença no Canadá, os Estados Unidos podem desistir de reabrir seu mercado para aquele país e, com isso, se concentrarem no mercado local, não exportando tanto. "Se isso ocorrer, é bom para todos os exportadores da América do Sul", avalia.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink