Brasil quer exportar sorgo para China

Agronegócio

Brasil quer exportar sorgo para China

Alternativa ao milho
Por: -Leonardo Gottems
2649 acessos

 

Um dos grandes objetivos da viagem oficial à Ásia do presidente Michel Temer junto ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi, foi fechar acordos para eliminar barreiras fitossanitárias e poder exportar sorgo para a China. A informação foi revelada pelo presidente da Abramilho, Alysson Paolinelli, ao Portal Agriculture.com. 

“Atualmente, a Argentina exporta muito sorgo, e nós também queremos fazer isso. Funciona como substituto milho. Há um solo ideal para ele na fronteira do Brasil com o Uruguai, no Rio Grande do Sul. Não será será uma explosão imediata, mas no futuro veremos muito mais sorgo nas nossas lavouras. É uma vocação já provada”, sustenta Paolinelli.

Atualmente, os países autorizados a exportar sorgo para a China são Argentina, Estados Unidos, Austrália e Myanmar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink