Brasil responde por 8,3% das mortes por gripe suína no mundo, diz Ministério da Saúde

Agronegócio

Brasil responde por 8,3% das mortes por gripe suína no mundo, diz Ministério da Saúde

Brasil responde por 8,3% das mortes por gripe suína no mundo, diz Ministério da Saúde
Por:
239 acessos

SÃO PAULO - O Ministério da Saúde confirmou neste domingo que o número de mortes por gripe suína no Brasil corresponde a 8,3% dos óbitos registrados em todo o mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde, 1.154 pessoas já morreram em decorrência da doença no mundo, dos quais 1.008 mortes ocorreram no continente americano.

O número da OMS inclui as mortes até o dia 31 de julho. No Brasil, até esta data, tinham sido registradas 96 mortes, o que equivale a 8,3% do total mundial.

O número de mortes no país já ultrapassa 180. Neste sábado, morreu em João Pessoa mais uma vítima da doença, um professor de 35 anos. Foi a segunda morte na capital da Paraiba e a quarta no Nordeste. As duas outras mortes na região ocorreram em Pernambuco e Bahia.

Segundo o Ministério da Saúde, ainda não há números da OMS para calcular a participação atualizada do Brasil no ranking mundial.

Estimativas apontam que o percentual pode passar de 10%.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink