Brasil trabalha pela abertura do mercado caribenho
CI
Imagem: Pixabay
FORTALECIMENTO

Brasil trabalha pela abertura do mercado caribenho

ABPA fortalece laços com mercado dominicano
Por: -Aline Merladete

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), com o apoio da embaixada do Brasil em Santo Domingo, realizou na terça-feira (22) um evento focado nas tratativas para abertura do mercado da República Dominicana para a carne suína do Brasil, ampliação do número de estabelecimentos de aves habilitados a exportar para o país, assim como a abertura para material genético avícola.

O evento, que também contou com a parceria dos ministérios das Relações Exteriores e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e da Câmara de Comércio Domínico Brasileira, teve como propósito reforçar os diferenciais do Brasil como fornecedor confiável de proteína animal para o país caribenho.

O objetivo, de acordo com o diretor de mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Luís Rua, foi reforçar laços com importadores, stakeholders e lideranças locais, para, entre outras coisas, oferecer a carne suína brasileira local como complementar para oferta local, que sofre os severos impactos gerados pelas ocorrências de Peste Suína Africana e as dificuldades de fornecimento em função da menor disponibilidade de produto importado de fornecedores tradicionais.

"A República Dominicana vem se consolidando nestes últimos anos como um importante parceiro comercial do Brasil no comércio de carnes de aves. Estamos disponíveis para auxiliar o país em outras proteínas também. A ação realizada foi um sucesso e esperamos que possa se reverter em bons negócios para ambas as partes", destacou.

Durante o evento, Rua, juntamente com Clóvis Serafini, da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais no Ministério da Agricultura, Jonatas Silveira, do Departamento de Promoção do Agronegócio do Ministério das Relações Exteriores, Angelo Viro, presidente da Câmara de Comércio Brasil & República Dominicana e Eduardo Hosannah, ministro conselheiro da Embaixada do Brasil em Santo Domingo, apresentaram fatores competitivos do Brasil, como o status sanitário e a capacidade de fornecimento do país, quarto maior produtor e exportador de carne suína do mundo. Também reiterou que a suinocultura brasileira pode colaborar com a segurança alimentar dominicana, complementando a demanda local por produtos.  

A ação acontece em meio à uma missão oficial brasileira na República Dominicana. Além de Rua, a analista de promoção comercial Nayara Dalmolin, também representou a ABPA no evento, que ocorreu no Hotel Sheraton Santo Domingo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.