Brasil vende mais soja aos árabes
CI
Agronegócio

Brasil vende mais soja aos árabes

No primeiro semestre aumento foi de 67% no volume de grãos enviado, ante a 2011
Por:
No primeiro semestre aumento foi de 67% no volume de grãos enviado, ante ao intervalo de 2011

As exportações brasileiras de soja ao mercado árabe cresceram 67% em volume no primeiro semestre deste ano diante do mesmo período de 2011. Números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) mostram que elas ficaram em 237 mil toneladas de janeiro a junho, diante de 141,5 mil toneladas nos mesmos meses do ano passado. A receita avançou 65% para US$ 119 milhões.


As exportações brasileiras de soja em geral também cresceram no período, em 29%, para 23,51 milhões de toneladas. De acordo com o secretário-geral da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), Fábio Trigueirinho, o aumento ocorreu em função da entrada da safra brasileira no mercado, o que fez os preços da soja do País ficarem bastante competitivos no mercado internacional.

O Brasil pegou também o período de entressafra norteamericana, que entra no mercado no segundo semestre do ano. “No segundo semestre, as exportações de soja vão desabar”, afirma Trigueirinho, apontando como motivo não apenas a concorrência com a soja dos Estados Unidos, mas também o fato de o Brasil não ter mais soja para exportar no período. Ele afirma que as vendas se aceleraram no primeiro trimestre.


O secretário-geral da Abiove acredita que o aumento das vendas para os árabes tenha sido influenciado pelo mesmo movimento de mercado. A receita com as exportações brasileiras de soja ficou em US$ 11,94 bilhões de janeiro a junho, segundo dados do MDIC, com avanço de 35%. O Ministério cita a antecipação dos embarques e a elevação de preços, em 5,1%, como fatores do crescimento nas exportações.

MATO GROSSO
Nas vendas de soja ao mundo árabe, a maior compradora foi a Arábia Saudita, que ficou com 179 mil toneladas de grãos, seguida por Tunísia, com 58 mil toneladas, e então por Argélia, com apenas 20 toneladas. Os principais estados exportadores para a região foram, por ordem, Mato Grosso, Maranhão, Tocantins, Bahia e Piauí.


Outros estados brasileiros, no entanto, também exportam soja para a região.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink