Brasileira exporta agrotecnologia para produtores do Canadá
CI
Imagem: Pixabay
LAVOURA

Brasileira exporta agrotecnologia para produtores do Canadá

Soluções desenvolvidas em parceria com produtores nacionais, avançam
Por: -Eliza Maliszewski

Produtores canadenses irão usar agrotecnologia desenvolvida por uma empresa brasileira, com conceitos de produtores brasileiros. A Solinftec, sediada em Araçatuba (SP) começa a operar no país norte-americano nesta terça-feira (6), com os conceitos adquiridos anteriormente na operação brasileira, em parcerias com clientes nacionais.

"Temos orgulho de ver que nossas soluções desenvolvidas com base na plataforma criada pelo nosso time de tecnologia no Brasil, e que hoje já opera em cerca de 09 milhões de hectares em diversos pontos do país, possibilita nossa expansão em novas regiões, como o Canadá, décimo primeiro país a receber nossas soluções", destaca Henrique Nomura, CTO da Solinftec.

As operações canadenses ficarão sediadas em Saskatoon, maior cidade da província de Saskatchewan.Entre os desafios está o estabelecimento de relacionamento com líderes do agronegócio local, para construir um canal de exportação da tecnologia brasileira para operações canadenses, bem como trazer para o Brasil aprendizados obtidos com a operação. "Queremos compreender as necessidades específicas e os pontos de melhorias dos produtores canadenses, varejistas agrícolas e outros participantes importantes do setor", disse Leonardo Carvalho, responsável por estabelecer a empresa no país.

O setor agrícola do Canadá é formado, principalmente, por propriedades de médio e grande porte, compatível com a expertise do Brasil no atendimento deste perfil de produtores. As culturas predominantes são oleaginosas, como canola, cevada, trigo, aveia e lentilha.

A empresa atuará em parceira com o mercado local, desenhando soluções customizadas para as necessidades de cada cliente, incluindo plantio, pulverização, logística, otimização de equipamentos e monitoramento de clima, entre outras. A primeira fase de testes da solução de tecnologia agrícola no país começa nas próximas semanas. 

No total, a empresa já opera em mais de onze países. Cana-de-açúcar, algodão, arroz, soja, café, trigo, milho, laranja e eucalipto são as culturas e os grãos mais bem gerenciados com a tecnologia que permite controle operacional, reduz uma ampla gama de custos e aumenta a eficiência. São 9  milhões de hectares na América Latina, incluindo Brasil, e EUA com a tecnologia Alice.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.