Brasill promove agronegócio brasileiro na maior feira alimentícia da China
CI
Agronegócio

Brasill promove agronegócio brasileiro na maior feira alimentícia da China

Iniciativa contou com a presença de 43 empresas brasileiras
Por:
O Brasil participou esta semana do Salão internacional de Alimentação de Xangai (SIAL),a maior feira do setor da China. A iniciativa contou com a presença de 43 empresas brasileiras, em um pavilhão de 336 m2, a partir de uma promoção conjunta dos ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e de Relações Exteriores (MRE).


“O objetivo maior, como disse a presidenta Dilma Rousseff, foi ampliar a pauta de exportação do agronegócio brasileiro à China, hoje centrado em matérias-primas”, destacou o secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do MAPA, Célio Porto, que esteve em missão à China, onde também participou de encontro com o Ministério da Agricultura chinês, em Pequim, para tratar de questões sanitárias e de liberação da venda de modalidades de soja e milho modificados geneticamente ao país asiático.


- Esta é uma parceria profícua para o produto do agronegócio brasileiro - afirmou o ministro Rubens Gama, diretor do Departamento de Promoção Comercial e Investimentos do MRE, ao reforçar a importância da presença brasileira na Sial.

- É o maior estande brasileiro em uma feira comercial na China - lembrou a cônsul-geral do Brasil em Xangai, embaixadora Ana Cândida Perez, que também falou sobre a qualidade do produto brasileiro.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.