BRDE e Sicredi poderão financiar R$ 350 milhões

Agronegócio

BRDE e Sicredi poderão financiar R$ 350 milhões

O valor é R$ 140 milhões superior aos R$ 210 milhões disponíveis no ano de 2006
Por: -Silvano
122 acessos

O BRDE e o Sicredi terão R$ 350 milhões para financiamentos a produtores gaúchos. O termo que amplia a operação conjunta entre as duas instituições financeiras foi assinado nesta sexta-feira (31-08), na Casa do BRDE, durante a 30ª Expointer. O valor é R$ 140 milhões superior aos R$ 210 milhões disponíveis no ano de 2006. O limite de financiamento por produtor também está subindo de R$ 200 mil para R$ 300 mil. "É um volume de recursos significativo. Boa parte desse valor será direcionada a investimentos de produtores no segmento do leite, para atender o crescimento da demanda pelo produto no Estado", destacou o vice-presidente e diretor de Operações do BRDE, Francisco Turra, ao lembrar que a produção gaúcha deverá crescer 4 milhões de litros/dia até 2008.

Nos últimos 10 anos de vigência do convênio, já foram liberados R$ 218,4 milhões a agricultores gaúchos, em 20.635 operações. Apenas pela linha Pronaf, foram financiados R$ 138 milhões, o que evidencia a predominância do apoio à agricultura familiar. "O Sicredi propicia que um banco de desenvolvimento cumpra sua maior vocação, de possibilitar o crescimento dos pequenos produtores", defendeu o diretor de Planejamento do Banco", Mario Bernd.

Pelo acordo, são mantidas as ações para obtenção de recursos financeiros para investimentos dos associados às cooperativas filiadas ao Sicredi. Este atua como canal de comunicação entre suas filiadas e BRDE, que oferecerá orientações técnicas sobre projetos de investimento e linhas de financiamento de longo prazo. "A parceria faz com que nossos associados possam agregar mais renda a suas propriedades. È um trabalho feito em sincronia, utilizando a capilaridade do Sicredi e os recursos do BRDE", avaliou o presidente da Central Sicredi, Orlando Müller.

A tramitação dos contratos também é facilitada, uma vez que os associados às cooperativas receberão do Sicredi instruções e esclarecimentos a respeito dos requisitos, normas e procedimentos operacionais para a tomada de crédito junto ao BRDE. Além do financiamento a projetos agropecuários, o convênio também permite o apoio a empreendimentos da indústria e de comércio e serviços.

Também participaram do ato o presidente do Banco Sicredi, Ademar Schardong, o deputado federal Afonso Hamm o diretor do Departamento de Economia Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o chefe do Departamento de Financiamento a Máquinas e Equipamentos do BNDES, Cláudio Leal, o gerente do BNDES, Mauro Lopes e o presidente da Associação Brasileria de Criadores de Ovinos, (Arco), Paulo Schwab. As informações são da assessoria de imprensa do evento.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink