BRFoods despenca 5% após relator do Cade ser contra fusão

Agronegócio

BRFoods despenca 5% após relator do Cade ser contra fusão

Relator alega que traria grandes prejuízos para o mercado e para os consumidores no Brasil
Por:
311 acessos
As ações da Brasil Foods (BRF) desabavam 5 por cento após os primeiros negócios no pregão da Bovespa nesta quinta-feira, reagindo ao voto do relator do Cade na véspera contrário à fusão que criou a empresa.

Os papéis da empresa eram negociados a 24,84 reais. Na quarta-feira, a ação da BRF já tinha perdido mais de 6 por cento no pregão regular, e no after-market adicionou desvalorização limite de 2 por cento.

O relator do caso BRF no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Carlos Emmanuel Ragazzo, votou pela reprovação da união entre Perdigão e Sadia, colocando em risco o negócio bilionário que criou uma potência global em processamento de carnes.


Após ler seu relatório em julgamento no Cade, Ragazzo pediu que o negócio seja desfeito, alegando que traria grandes prejuízos para o mercado e para os consumidores no Brasil.

A bolsa paulista já estava fechada, o que limitou a repercussão da notícia.

O conselheiro do Cade Ricardo Ruiz pediu vista do processo e o julgamento foi suspenso, com previsão de retomada pelo órgão antitruste na próxima quarta-feira, 15 de junho.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink