Bruzone poderá causar quebra de 20% na safra de arroz do MT

Agronegócio

Bruzone poderá causar quebra de 20% na safra de arroz do MT

Por:
3 acessos

A produção de arroz em Mato Grosso poderá sofrer quebra de até 20% na safra 2004/05 caso não seja controlado o ataque do Bruzone às lavouras. A safra estimada para este ano é de 1,8 milhão de toneladas e, se confirmada a quebra, a produção poderá cair para 1,44 milhão de toneladas.

A incidência do fungo nas plantações de arroz é comum todos os anos, porém nesta safra o ataque está sendo mais intenso em função do clima, que está favorecendo o desenvolvimento da doença. O Bruzone ataca a planta desde a sua fase inicial até o momento da colheita, causando perdas significativas para o produtor.

Segundo informações da Associação dos Produtores de Arroz (APA), a doença está infestando grande parte das lavouras em Mato Grosso, com ênfase para a região do Médio Norte do Estado, que responde por 55% da produção mato-grossense. Segundo o presidente da entidade, Ângelo Carlos Maronezzi, muitos produtores estão desesperados e já começam a contabilizar os prejuízos.

“A nossa maior preocupação é em relação ao estoque de fungicidas no mercado para atender todas as lavouras do Estado. Se faltar o produto, os rizicultores correm o risco de ter grandes prejuízos nesta safra, pois o controle da praga é feito com um tipo de fungicida específico”, diz Maronezzi. A APA já começou a fazer o levantamento do estoque de fungicidas para avaliar com mais precisão o volume das perdas para os produtores.

Outro problema que vem preocupando os rizicultores mato-grossenses é a ocorrência de ciclones em áreas de grande produção, como o Norte e as regiões de Primavera do Leste e Paranatinga. “Em muitas propriedades temos registro de fortes rajadas de vento, que estão acamando as plantas e causando a perda da qualidade do grão e dificultando a colheita”, relata.

Maronezzi informou que as lavouras mais prejudicadas com os ventos em Mato Grosso são aquelas que adotaram a variedade “Primavera”. Ele disse também que pelo menos 35% dos produtores de arroz mato-grossenses plantaram esta variedade e podem ter dor de cabeça com os vendavais que assolam as plantações.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink