Cadeia do leite está a perigo

Agronegócio

Cadeia do leite está a perigo

Presidente da FETAG apresentou dados sobre produção, custo e preços
Por:
889 acessos

O Auditório Dante Barone, da Assembleia Legislativa, recebeu hoje (8) cerca de 350 agricultores e autoridades dos governos federal e estadual, além de entidades representativas de agricultores e cooperativas, que acompanharam a Audiência Pública proposta pelo deputado Elton Weber para discutir a crise no preço do leite.  Ele lembrou que após um aumento significativo no começo do ano, o preço do leite está em queda desde julho, fruto do aumento da captação no país, da alta importação do Uruguai, de custos mais caros e da hidratação da matéria-prima no Estado. "Com o preço caindo desta forma, a renda vai junto e o produtor não consegue pagar sequer suas contas fixas. Isso desestimulará a produção e causar impacto na arrecadação do Estado, o que não é bom para ninguém", advertiu.


O presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, apresentou dados sobre produção, custo e preços, que demonstram o tamanho da crise, que não se trata de choro. O dirigente cobrou do Estado a taxação de leite de fora do RS, um maior controle de estoques pela Conab e pagamento das indústrias por qualidade. “As importações prejudicaram demais neste ano e no momento do pico, o produtor conseguiu 63% mais de preço, enquanto os supermercados subiram acima de 100%. Os números justificam que o produtor não está chorando. Vamos quebrar a cadeia se continuarmos deste jeito”, alertou Joel.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink