PROJEÇÃO

Café: USDA revisa produção brasileira para baixo

Exportações também devem ser menores que o imaginado
Por: -Leonardo Gottems
400 acessos

O Escritório Comercial do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), em São Paulo, revisou a estimativa de produção brasileira de café para baixo. A projeção baixou em 900 mil sacas de 60 quilos em comparação a estimativa anterior, realizada em Maio, para 51,2 milhões de sacas.

A produção da variedade Arábica agora é vista pelo USDA que estará em um volume de 38,8 milhões de sacas, em função do descascamento em grandes áreas dos estados de Minas Gerais e São Paulo. Por outro lado, a produção da variedade Robusta foi revisada para cima para 12,4 milhões de sacas. A mudança se deu por uma produtividade melhor que o inicialmente pensado, especialmente em regiões do estado da Bahia.

A Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) possui uma estimativa mais pessimista que a do USDA. O relatório de Setembro apresentou uma previsão de 44,7 milhões de sacas, sendo 34,07 milhões de sacas de Arábica e 10,71 milhões de sacas da variedade Robusta. Já a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), realizada em Outubro, diz que a produção deve chega a 2,78 milhões de toneladas de café ou 46,3 milhões de sacas ou 8% a menos que o registrado no ano passado.

A previsão do USDA para consumo doméstico é de 22,1 milhões de sacas – 3% a maior que a previsão anterior. As exportações alcançariam 30,43 milhões de sacas, um decréscimo de 2,6 milhões de sacas comparando a estimativa anterior do órgão norte-americano, em função dos baixos envios do início de ano. Além disso, as dificuldades de dragagem no Porto de Santos e de licenças ambientais foram mostrados como fatores negativos para o comércio exterior.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink