Café/Cepae: Geadas preocupam, mas perdas não devem ser expressivas

Agronegócio

Café/Cepae: Geadas preocupam, mas perdas não devem ser expressivas

O frio intenso nos últimos dias no Sul e Sudeste brasileiro ocasionou geadas pontuais em fazendas produtoras de café arábica do Paraná, São Paulo e do Sul de Minas.
Por:
426 acessos

O frio intenso nos últimos dias no Sul e Sudeste brasileiro ocasionou geadas pontuais em fazendas produtoras de café arábica do Paraná, São Paulo e do Sul de Minas. Segundo agentes consultados pelo Cepea, os maiores impactos foram observados em cafezais localizados em áreas mais baixas.

Os prejuízos ainda não foram calculados, mas a expectativa inicial é que o fenômeno não tenha causado perdas muito expressivas nas lavouras. Produtores, contudo, se afastaram das vendas, se concentrando no beneficiamento da variedade. Assim, os negócios seguem lentos. O Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo fechou a R$ 492,52/saca de 60 kg na quarta-feira, 15, elevação de 0,89% em relação à quarta anterior, 8. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink