Café colombiano terá certificado de origem para UE

Agronegócio

Café colombiano terá certificado de origem para UE

O certificado será apresentado pela Comissão Européia em uma cerimônia em sua sede, em Bruxelas
Por:
81 acessos

Folha Online - O café colombiano receberá receberá na quinta-feira (27-09), de forma oficial, o reconhecimento de IGP (Indicação Geográfica Protegida) da parte da União Européia, transformando-se assim no primeiro produto não-europeu a gozar desta distinção. O certificado - concedido à Federação Nacional de Cafeeiros da Colômbia e que responde a um pedido feito há um ano e meio pelo país sul-americano - será apresentado pela Comissão Européia em uma cerimônia em sua sede, em Bruxelas.

O reconhecimento IGP faz parte de um sistema criado pela União Européia, em 1992, para promover e proteger produtos agroalimentícios, e que também inclui a DOP (Denominação de Origem Protegida) e a ETG (Especialidade Tradicional Garantida). A IGP é concedida aos produtos nos quais se verifica a presença de um vínculo com uma zona geográfica determinada em ao menos uma das etapas da produção, da transformação ou da elaboração realizadas com conhecimentos específicos reconhecidos e comprovados.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink