Café encerra em queda devido ao clima brasileiro

Agronegócio

Café encerra em queda devido ao clima brasileiro

Segundo os serviços meteorológicos, as regiões produtoras do norte do Paraná e oeste de São Paulo não sofrerão com geadas durante esta semana
Por:
205 acessos

Os contratos futuros do café reverteram os ganhos de quatro semanas no pregão dessa quarta-feira (25-07) e encerraram o dia em queda, diante da perspectiva de que as lavouras do Brasil não serão afetadas pelo clima. O país é o maior produtor do mundo de café. Segundo os serviços meteorológicos, as regiões produtoras do norte do Paraná e oeste de São Paulo não sofrerão com geadas durante esta semana. "Alguns compraram no mercado apostando em riscos de geadas", disse Rodrigo Costa, da Fimat Futures. "Como já não há essa expectativa, houve abandono de posições". Em Nova York, setembro recuou 155 pontos, para US$ 1,142 por libra-peso. No mercado doméstico, o indicador Cepea/Esalq para a saca de 60 quilos do arábica recuou 0,67%, para R$ 239,88. No mês, a queda é de 0,41%.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink