Cafeicultores poderão pagar dívida do Funcafé com produto

Agronegócio

Cafeicultores poderão pagar dívida do Funcafé com produto

A conversão da dívida em produto foi autorizada pelo Ministério da Agricultura (Mapa) e permitirá ao governo formar os estoques reguladores de café
Por:
236 acessos

Os cafeicultores com dívidas sob contrato de dação em pagamento do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) poderão quitar seus débitos com sua produção, considerando o preço mínimo vigente do café. A conversão da dívida em produto foi autorizada pelo Ministério da Agricultura (Mapa) e permitirá ao governo formar os estoques reguladores de café.

Segundo o diretor do Departamento do Café, da Secretaria de Produção e Agroenergia, Lucas Ferreira, os cafeicultores interessados devem entrar em contato com o Banco do Brasil e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para efetivar a entrega do produto e quitar as parcelas da dívida.

De acordo com o Mapa, o débito de dação em pagamento está estimado em R$ 1,1 bilhão e foi prorrogado até 2020. Com base no preço mínimo em vigor, o montante equivale a aproximadamente 380 mil sacas de café por ano, ou R$ 100 milhões. As condições da operação estão previstas na Portaria 581, publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira (7).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink