Cai a produção da usina São Martinho
CI
Agronegócio

Cai a produção da usina São Martinho

Esta queda no ritmo da produção pode ser explicada pelas fortes chuvas de abril e maio, mais freqüentes nas principais áreas de plantação de cana-de-açúcar
Por:
A companhia brasileira de açúcar e etanol São Martinho informou na semana passada que a sua produção de açúcar e etanol caiu no primeiro trimestre da colheita da safra 2008/09, em comparação com o mesmo período há um ano, devido às fortes chuvas.

Segundo a São Martinho, a produção de açúcar no período foi de 137 mil toneladas no primeiro trimestre da colheita de 2008/09, frente a 156 mil toneladas na colheita de 2007/08. Esta queda no ritmo da produção pode ser explicada pelas fortes chuvas de abril e maio, mais freqüentes nas principais áreas de plantação de cana-de-açúcar.


A São Martinho, segundo divulgou, produziu 138 mil metros cúbicos de etanol no mesmo trimestre, contra 145 mil metros cúbicos há um ano, segundo cifras divulgadas pela companhia.
No total, a companhia produziu 64 mil toneladas de álcool anidro e 74 mil metros cúbicos de álcool hidratado no primeiro trimestre da colheita de 2008/09.

Apesar da queda na produção, a São Martinho espera cumprir a sua meta inicial de 11,6 milhões de toneladas de cana-de-açúcar processadas na temporada de 2008/09.

A companhia vai utilizar 64% da sua produção de cana-de-açúcar na fabricação de etanol e destinará o restante para a produção açucareira, informou em comunicado a empresa.

A São Martinho afirmou recentemente que pretende expandir a sua capacidade de processamento de cana-de-açúcar para 30 milhões de toneladas métricas até 2020.

Mercado de etanol

Após três semanas de queda, o preço médio do álcool hidratado voltou a subir na semana passada. Segundo levantamento realizado pelo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq) o combustível subiu 2,45% no período e foi negociado a R$ 0,711. Já o anidro caiu 1,06% no período para R$ 0,8494/litro. Esses valores não incluem impostos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.