Câmara Setorial da Palma terá sua primeira reunião
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

Câmara Setorial da Palma terá sua primeira reunião

As lavouras de palma ocupam aproximadamente 13 milhões de hectares em todo o mundo
Por:
1129 acessos

A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Palma terá sua primeira reunião na próxima quarta-feira (18), às 9 horas, em Brasília (DF). Criada neste ano, a câmara faz parte das ações do Programa de Produção Sustentável da Palma de Óleo no Brasil, iniciativa do governo federal, que orienta sobre as áreas aptas para o cultivo da palma na região amazônica. O programa fomenta o uso de tecnologias e concede linhas de crédito rural para incentivar a cultura. A câmara é integrada por representantes do governo federal e do setor privado.

“A idéia é criar um espaço institucional para identificar oportunidades de desenvolvimento da oleaginosa, seguindo os critérios de sustentabilidade”, afirma o secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Manoel Bertone. Segundo Bertone, que é presidente da câmara, as ações garantirão o sucesso do programa a longo prazo, além de expandir a cultura no País.

De acordo com dados do Ministério da Agricultura, as lavouras de palma ocupam aproximadamente 13 milhões de hectares em todo o mundo. Os maiores produtores são a Indonésia, Malásia e Tailândia. O Programa de Produção Sustentável de Palma de Óleo no Brasil, que estabelece o Zoneamento Agroecológico, identificou 31,8 milhões de hectares de terras adequadas ao plantio da oleaginosa no País, sendo 29 milhões na Amazônia e 2,8 milhões nas regiões Sudeste e Nordeste. A produção ficará restrita às áreas desmatadas no passado.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink