Campanha “Eu que Vacino” da Merial chega à 13ª edição

Agronegócio

Campanha “Eu que Vacino” da Merial chega à 13ª edição

“Vacinando bem para imunizar sempre” foi o tema premiado em 2010
Por: -Joana
1120 acessos
Em sua 13ª edição, a campanha nacional “Eu que Vacino!” da Merial Saúde Animal reforça a importância da vacinação no incubatório como o primeiro passo para a integridade e desenvolvimento do sistema imune das aves durante todo ciclo de vida.

“Vacinando bem para imunizar sempre” foi o tema premiado em 2010, escolhido como slogan da campanha deste ano. A intenção é valorizar e despertar nos vacinadores a sua responsabilidade de seguir rotineiramente as Boas Práticas de Vacinação .

Avaliações periódicas – Durante a campanha, os incubatórios participantes serão avaliados pelos coordenadores de território e técnicos da Merial, que verificarão todos os itens do processo de vacinação. Esta avaliação é feita através do “Check-List de incubatório”, relatório desenvolvido pela equipe técnica da Merial. No total, serão realizadas no mínimo oito avaliações em cada incubatório, respeitando o intervalo mínimo de 20 dias entre as visitas.


A Merial premiará as equipes de vacinação com melhor desempenho, considerando os resultados das avaliações. Serão premiados cinco incubatórios de frangos de corte, um incubatório de poedeiras comerciais/matrizes e um incubatório que utilize o processo de vacinação "in ovo", da Merial.


A campanha “Eu que Vacino” 2011 também premiará o vacinador com a resposta mais criativa para a pergunta “Eu sou importante para a avicultura do Brasil porque....”.

Jeovane Pereira, gerente de produtos e serviços técnicos de avicultura da Merial, explica que a campanha “Eu que Vacino!” faz parte de um conjunto de serviços prestados pela empresa com objetivo de garantir a correta utilização de seus produtos numa parceria com seus clientes diretos e indiretos. “A iniciativa incentiva os funcionários dos incubatórios ao desenvolvimento contínuo e proporciona durante as visitas a oportunidade de treinamento para vacinação subcutânea ou “in ovo” , afirma Pereira.


A participação dos incubatórios é espontânea e não representa nenhum ônus para as empresas. Para maiores informações, consulte a página da “Eu que Vacino” no site da Merial - www.merial.com.br.

As informações são da assessoria de imprensa da Merial.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink