Campo Novo do Parecis ganha Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica

Agronegócio

Campo Novo do Parecis ganha Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica

Campo Novo do Parecis é o berço da cotonicultura mecanizada no cerrado mato-grossense
Por:
255 acessos

A Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) convidam para a inauguração do Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Médio Norte, em Campo Novo do Parecis, no próximo dia 16 (sexta-feira).

Com uma área de 30 hectares (sendo aproximadamente 2.600 metros quadrados de área construída), este é o quarto CTDT a ser inaugurado em menos de um ano. Já estão em funcionamento as unidades de Sorriso (Núcleo Regional Norte), Rondonópolis (Núcleo Regional Sul) e Campo Verde (Núcleo Regional Centro) e um quinto CTDT entrará em operação até o final deste ano em Sapezal (Núcleo Regional Noroeste).

"Campo Novo do Parecis é o berço da cotonicultura mecanizada no cerrado mato-grossense. Foi lá que o empresário Olacyr de Moraes e a Embrapa Algodão iniciaram as pesquisas que contribuíram para que Mato Grosso se tornasse o maior produtor de fibra do Brasil", comenta Gustavo Piccoli, presidente da Ampa e do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt), órgão responsável pela execução do projeto dos Centros de Treinamento e Difusão Tecnológica.

A proposta de construção dessas unidades visa atender a uma demanda dos produtores associados à Ampa por mão de obra qualificada e, nesse sentido, foi firmada a parceria com o Senar-MT, que, no caso de Campo Novo do Parecis e de Sorriso, ficará responsável pela maioria dos cursos e treinamentos oferecidos. Contudo, o IMAmt continuará oferecendo cursos e treinamentos específicos para a cadeia do algodão.

Os CTDT também serão utilizados para o desenvolvimento e difusão de novas tecnologias para o atual sistema produtivo adotado no cerrado. Com o objetivo de realizar trabalhos de pesquisa voltados para as necessidades dos produtores de cada núcleo regional, o IMAmt firmou parcerias com instituições como a Embrapa (várias unidades), a UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) e o IFMT (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso).

O Núcleo Regional Médio Norte (que inclui os municípios de Brasnorte, Diamantino, São José do Rio Claro e Tangará da Serra) responde hoje por cerca de 106 mil hectares de um total de aproximadamente 612 mil plantados em Mato Grosso na safra 2015/16.  A região de Campo Novo do Parecis tem como forte característica a diversidade de culturas de segunda safra: além do algodão, os produtores cultivam milho, milho pipoca, girassol e gergelim.
 
Serviço

O que: Inauguração do Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Médio Norte
Quando: 16 de setembro (sexta-feira), às 14h
Onde: Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Médio Norte Ampa/IMAmt – Rodovia MT-170, sentido Campo Novo do Parecis/Brasnorte, Km 82, à margem direita.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink