Agronegócio

Campos Gerais (PR) produz 1,3 milhão de toneladas de milho

Produtores se preparam para iniciar a colheita no segundo semestre de janeiro
Por: -Luciana R. Brick
1 acessos

Em poucos dias, produtores de milho nos Campos Gerais (PR) iniciarão a colheita do cereal. A estimativa é que sejam colhidos cerca de 1,30 milhão de toneladas de grãos. O trabalho das máquinas no campo para a retirada das espigas começará na segunda quinzena de janeiro. Nesta safra, a região destinou cerca de 174 mil hectares para a cultura. O plantio foi realizado ainda em setembro. Na época, se esperava uma produtividade média de 7,5 mil quilos por hectare.

Os números são do Departamento de Economia Rural do núcleo regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Deral/Seab). Na safra passada, o milho ocupou área de 193,5 mil hectares. A produção atingiu 1,35 milhão de toneladas.

De acordo com José Roberto Tosato, agrônomo do Deral, a redução nesta safra tem explicação no mercado agrícola. “Na safra anterior os preços caíram bastante. A demora na comercialização e à falta de perspectiva de melhora levaram os produtos a plantar mais soja”, explica. Hoje, a cotação do cereal no mercado é considerada boa.

Para o agrônomo do Deral, Luiz Alberto Vantroba, as previsões feitas neste ano para o milho estão muito próximas de se confirmar. “O clima quente está favorecendo o desenvolvimento dos grãos”, fala Vantroba. Ele se refere também aos dias de chuvas. “O solo está com boa umidade por causa do tempo chuvoso”, diz.

Tosato acredita que, neste momento, as lavouras não correm risco de perda. “Por enquanto, está tudo correndo bem, apesar do excesso de calor e o intervalo maior de chuvas”, comenta. Pelo calendário agrícola, os produtores deverão interromper a colheita entre os meses de março a abril. “Neste período, os agricultores voltarão a atenção para a soja porque o milho dura mais tempo no campo”, fala Tosato. A retirada do milho das lavouras deverá se encerrar somente em maio.

Este mês, alguns produtores estão aproveitando os dias ensolarados para colher o milho verde. Porém, na região o plantio é bastante reduzido. No Paraná, o milho foi plantado em área de 1,31 milhão de hectares. A produção estimada se aproxima de 8,13 milhões de toneladas. Confirmado este volume, o Estado colherá 6% a mais que na safra passada, que foi de 7,69 milhões de toneladas.

Clima – Conforme Vantroba, o clima está ajudando também no desenvolvimento da soja. A cultura está presente em 410 mil hectares. Pelo que tudo indica, a região colherá 1,3 milhão de toneladas. A produtividade poderá chegar a 3,3 mil quilos por hectare se os dias continuarem quentes. A colheita será iniciada no final da segunda quinzena de fevereiro do próximo ano.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink