Cana: Produtor teve alta de 68% em 3 anos

Agronegócio

Cana: Produtor teve alta de 68% em 3 anos

Apenas na comparação entre 2010 e 2011, a valorização foi de 44%
Por:
354 acessos
Com a valorização do etanol e do açúcar, o preço da cana no Paraná (comercializada na esteira) acumula aumento de 68% nos últimos três anos, saltando dos R$ 31,19, em março de 2008, para R$ 52,43, no mesmo mês deste ano. Apenas na comparação entre 2010 e 2011, a valorização foi de 44%, de acordo com dados da Associação dos Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná (Alcopar).


Para Adriano da Silva Dias, superintendente da Alcopar, o acréscimo é resultado, principalmente, de dois fatores. O primeiro deles seria o crescimento acelerado da demanda pelo produto, o que ocorre no Brasil e também internacionalmente, sendo que outros grandes produtores de açúcar, como Austrália e Cuba vêm tendo problemas com as suas safras. Ele cita ainda redução de 9,6% na área plantada no estado.


“Desde a crise de 2008, a produção de cana foi afetada pelos custos altos de início de plantio. Até a última safra, o Paraná possuía algo em torno de 52 milhões de hectares de cana voltados à produção de açúcar e etanol. A safra atual já deve contar com menos, cerca de 47 milhões”, explica Dias.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink