Cana-de-açúcar na Insectshow 2014
CI
Agronegócio

Cana-de-açúcar na Insectshow 2014

Evento ocorre entre 23 e 24 de julho
Por:

DuPont apresenta tecnologias para controle de pragas e doenças e foca qualidade da matéria-prima
 
Companhia desenvolve novas tecnologias para controle da ferrugem alaranjada e broca da cana e mantém portfólio de ponta para usinas
 
Nos dias 23 e 24 de julho a DuPont Proteção de Cultivos participará da 10ª edição do Insectshow. A companhia destacará no evento seu portfólio de última geração para controle de pragas e doenças da cana-de-açúcar, além de estratégias de manejo desenvolvidas com objetivo de elevar a qualidade da matéria-prima para moagem. O evento acontece no Centro de Convenções de Ribeirão Preto (SP).
 
Recentemente, a DuPont introduziu com sucesso no setor sucroenergético duas novas tecnologias: o inseticida Altacor® e o fungicida Aproach® Prima.
 
Altacor® controla uma gama de insetos-pragas, com efeitos diferenciados sobre a broca da cana, que vem causando grandes prejuízos à produtividade das lavouras.
 
Desenvolvido com base na molécula de última geração Rynaxypyr®, Altacor® tornou-se conhecido pelas usinas por reunir eficiência agronômica associada a propriedades sustentáveis: é usado em baixas doses por hectare e conta com alta potência inseticida.  Seletivo aos inimigos naturais das pragas que controla, o agroquímico apresenta também baixo impacto ambiental.
 
Já o fungicida Aproach® Prima, de acordo com a DuPont, constitui um insumo de ponta empregado no tratamento foliar da cana-de-açúcar. Aproach® Prima acaba de receber o registro para controle da ferrugem alaranjada, doença que preocupa o setor produtivo em toda a fronteira agrícola da cultura. Como Altacor®, Aproach® Prima apresenta perfil ambiental favorável e baixa toxicidade.
 
Qualidade da matéria-prima – Os baixos índices pluviométricos registrados no estado de São Paulo desde o início de 2014 forçaram as usinas a retardar o início da moagem. As empresas estão adotando essa estratégia para obter ganhos no acúmulo de ATR das plantas e com isso tentar aumentar a rentabilidade da matéria-prima na indústria.
 
Especialistas afirmam que uma vez mantidos os baixos volumes de chuvas, é provável que haja perdas na produção do setor na comparação com os números de 2013, em que a moagem chegou a aproximadamente 597 milhões de toneladas no Centro-Sul do Brasil.
 
Para contribuir com as empresas do setor no esforço pela melhora da qualidade da matéria-prima, a DuPont coloca em prática há cerca de três anos um programa de manejo fitossanitário ancorado na inovação e no emprego de tecnologias de ponta.
 
“O portfólio da companhia para o setor sucroenergético é de grande amplitude ante as necessidades atuais da cadeia produtiva da cana”, ressalta o diretor de marketing, Marcelo Okamura.
 
Além de uma conhecida linha de herbicidas, como as marcas Velpar® K e FRONT®, a companhia distribui no Brasil o maturador Curavial®, insumo que acelera o crescimento da cana-de-açúcar e permite antecipar sua colheita com a elevação dos índices de ATR.
 
Um estudo recente realizado com a participação de 11 usinas mostrou que Curavial® permitiu recuperar em média 6 kg de ATR por tonelada de cana, comparativamente às lavouras que não receberam aplicações do produto. A produtividade dessas áreas foi elevada em até 13 toneladas de cana por hectare.
 
No controle de plantas daninhas na cana-de-açúcar a DuPont inovou ao lançar há cerca de três anos o herbicida FRONT®, recomendado para a época seca da cultura, que ocorre entre os meses de junho e setembro no Centro-Sul e setembro e maio no Nordeste. FRONT® age sobre amplo espectro de ervas-daninhas: braquiárias, capim-colonião, complexo de digitárias, complexo de cordas-de-viola e outras.
 
O Insectshow é o evento dedicado a atualização profissional e a divulgação de procedimentos empregados no controle de pragas da cana-de-açúcar. Organizado pelo Grupo IDEA, o evento contempla apresentações de casos de sucesso registrados nas usinas envolvendo controle químico, biológico e cultural. Anualmente, participam do encontro especialistas, profissionais do agronegócio e pesquisadores.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink