Canadense G3 Global confirma construção de terminal de grãos em porto de Vancouver até 2020

Agronegócio

Canadense G3 Global confirma construção de terminal de grãos em porto de Vancouver até 2020

G3 Global adquiriu a Câmara de Trigo Canadense e as operações de grãos da Bunge no Canadá, em 2015
Por:
883 acessos

G3 Global adquiriu a Câmara de Trigo Canadense e as operações de grãos da Bunge no Canadá, em 2015

A canadense G3 Global irá construir um terminal de grãos no porto de Vancouver até 2020, aumentando o fluxo de trigo e canola que sai do país para a Ásia e América Latina, disse a companhia nesta quarta-feira.

Sediada em Winnipeg, a G3 Global, uma parceria da companhia agrícola saudita SALIC e da operadora de grãos dos Estados Unidos Bunge, tem avaliado o projeto, que custará mais de 500 milhões de dólares canadenses (373,64 milhões de dólares), desde o ano passado.

A G3 Global, que adquiriu a Câmara de Trigo Canadense e as operações de grãos da Bunge no Canadá em 2015, é uma pequena participante em uma indústria canadense dominada pela Richardson International, pela Viterra, uma unidade da Glencore, e pela Cargill.

O terminal, que terá capacidade de operar com 8 milhões de toneladas de grãos anualmente na costa norte da enseada de Burrard, seria a primeira nova instalação de grãos em quase 50 anos no porto, um dos mais movimentados do Canadá. O Canadá, maior exportador mundial de canola e um dos maiores exportadores de trigo, tem produzido suas maiores safras já registradas nos últimos anos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink