Capacidade da celulose está estagnada

ANÁLISE

Capacidade da celulose está estagnada

“A demanda nos países desenvolvidos por fibra curta tem sido estável ao longo de 2018"
Por: -Leonardo Gottems
194 acessos

O relatório de expectativas do agronegócio brasileiro para o ano de 2019, realizado pelo Rabobank, indicou que a capacidade da celulose está estagnada. Nesse cenário, A demanda global por celulose de fibra curta (BHKP) teve forte crescimento em 2018. Rabobank estima que o consumo total de BHKP atingiu 67 milhões de toneladas em 2018 com crescimento de 1,9 milhão de toneladas no ano. 

No entanto, para o ano que vem espera-se um crescimento menor, de 1,3 milhão de toneladas. “Preços elevados para a celulose de fibra longa levaram a um aumento maior do que era esperado no consumo de fibra curta em 2019, na medida em que os compradores trocaram fibra longa por curta. Assim houve uma diminuição no diferencial de preços entre os dois tipos principais de celulose durante 2018”, diz o texto. 

Além disso, o texto diz também que o “crescimento no consumo continua sendo impulsionado pela demanda dos países emergentes liderados pela China e por outros mercados da Ásia. O aumento expressivo na capacidade de produção de papel e tissue na China têm levado a maiores compras de celulose de fibra curta, apesar dos preços elevados”. 

“A demanda nos países desenvolvidos por fibra curta tem sido estável ao longo de 2018. O consumo de tissue e fluff têm sido positivos em quanto que a procura por papeis para imprimir e escrever continua caindo. Com a expectativa de crescimento econômico em 2019, tanto nos EUA como na Europa, o consumo de celulose deve apresentar mais um ano de estabilidade ou leve crescimento nos mercados desenvolvidos, dadas as dinâmicas favoráveis para os papeis de embalagens e tissue”, conclui.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink