Agronegócio

Capacidade de armazenagem de grãos é ampliada em Santa Catarina

Secretaria da Agricultura e Cooperativas querem ampliar capacidade de armazenagem de grãos
Por:
1029 acessos
Para diminuir o déficit de armazenagem de grãos em Santa Catarina, cooperativas agrícolas e Governo do Estado firmaram parceria para revitalizar o Programa Armazenar da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, que em sua nova fase terá orçamento para subvencionar 50% dos juros, em um limite de 3,5%, referentes a financiamentos para construção e ampliação de armazéns.

As novas diretrizes do Programa foram apresentadas nesta quarta-feira (9), na 19ª Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (Efapi 2013), em encontro do secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues; com o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc), Marcos Zordan; o presidente da Coopercentral Aurora, Mário Lanznaster; e o presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina (Fecoagro), Luiz Vicente Suzin, além de outras cooperativas agropecuárias catarinenses.


As cooperativas contratarão financiamento junto aos agentes financeiros, com 15 anos de prazo incluindo três anos de carência e juro de 3,5% ao ano, sendo que o Governo do Estado responderá pela subvenção de 50% desta taxa, o que corresponderá a aproximadamente R$ 83 milhões em subvenção. A expectativa é de que cerca de 100 projetos sejam realizados com investimentos totais de R$ 500 milhões.


Em um ano, o objetivo é diminuir pela metade o déficit de 2,3 milhões de toneladas na estocagem de grãos em Santa Catarina. Hoje, o estado produz 6,5 milhões de toneladas de grãos incluindo milho, soja, trigo e arroz, porém armazena 4,2 milhões de toneladas, restando 30% da produção sem local para estocagem. De acordo com o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, esse déficit de armazenagem traz uma série de prejuízos para os agricultores catarinenses que sofrem com a falta de grãos. “Com o Programa Armazenar queremos não só ampliar a capacidade de armazenagem, mas também estaremos evitando desperdícios através da construção de unidades de armazenagem tecnicamente corretas”, destaca
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink