Capacitação promove sustentabilidade no manejo de pastagens em Paty do Alferes

Agronegócio

Capacitação promove sustentabilidade no manejo de pastagens em Paty do Alferes

Emater-Rio em Paty do Alferes atendeu a demanda dos produtores, em sua maioria pecuaristas leiteiros
Por:
471 acessos

Emater-Rio em Paty do Alferes atendeu a demanda dos produtores, em sua maioria pecuaristas leiteiros

Curso surgiu de uma demanda dos próprios produtores rurais, que estão cada vez mais empenhados na preservação dos recursos naturais

Os principais aliados da promoção de uma agricultura mais sustentável são os agricultores familiares, que cada vez mais têm promovido mudanças nas técnicas agropecuárias utilizadas nas áreas rurais fluminenses. Preocupados com a preservação dos recursos naturais disponíveis, produtores de Paty do Alferes, na Região Centro-Sul do estado, buscaram apoio da Emater-Rio para aprender técnicas mais sustentáveis no manejo das pastagens.

Com o apoio do Rio Rural, principal programa da secretaria estadual de Agricultura para a promoção da sustentabilidade nas áreas rurais, o escritório da Emater-Rio em Paty do Alferes atendeu a demanda dos produtores, em sua maioria pecuaristas leiteiros, promovendo uma capacitação sobre o manejo de pastagens. Nos dias 24 e 25 de novembro, e 1 e 2 de dezembro, os técnicos da Emater-Rio, Renato Farnezi dos Santos, Delaine Arneiro e Guaracy Carioca, ministraram o curso para 20 produtores da região.

Para o secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, considerar as necessidades dos agricultores familiares é essencial para o aperfeiçoamento do trabalho realizado nas áreas rurais do Rio de Janeiro.

- As condições do solo são muito importantes para todas as atividades da economia rural. A preocupação dos produtores também é nossa preocupação, para garantir o desenvolvimento rural sustentável - declarou o secretário.

No curso, foram apresentadas técnicas de preparo do solo, conservação, tipos de forrageira, pastejo rotacionado, entre outros temas que contribuem para a manutenção adequada das pastagens. A capacitação ocorreu em Avelar, distrito de Paty do Alferes, importante bacia leiteira da região. Os participantes pertenciam a quatro microbacias da região: três de Paty do Alferes (Ubá 7 Coqueiros/Rio Pardo; Ubá 5 Avelar/Granja; Ubá 3/Maravilha), e uma do município de Miguel Pereira (Marco da Costa).

-Trabalhamos no dia a dia e não damos conta do quanto é importante cuidar do capim, do solo. Saímos do curso certos de que vamos trabalhar de forma mais profissional e que teremos melhores resultados - comentou o produtor Ivan Pecoraro. Além dos pecuaristas, a capacitação também tinha como público-alvo técnicos e agrônomos da região. Esta foi a segunda capacitação promovida pelo Programa Rio Rural no município - a primeira aconteceu em 2014, e tratou sobre turismo rural.

Para o jovem produtor Luan Melo, que está iniciando sua criação de gado leiteiro, o curso complementou o apoio técnico que já está recebendo dos extensionistas da Emater-Rio.

- A Delaine já estava me orientando bastante sobre a questão do manejo, do piquete rotacionado, mas com o curso e a troca de informações com os outros produtores, pude aprender muitas coisas que agora vou tocar na minha produção - declarou.

Para o agrônomo e supervisor local da Emater-Rio, Renato Farnezi dos Santos, a capacitação dos produtores foi importante, pois existe uma grande demanda na região de dois subprojetos do Rio Rural: formação de pastagem e pastejo rotacionado.

- Verificamos a necessidade de maior qualificação dos produtores. Eles ficaram todos muito interessados em todas as informações dadas. Por isso, acredito que o curso foi bastante produtivo para todos - finalizou. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink