Caravana Tecnológica percorre quatro municípios do Estado do Rio de Janeiro em 2016

Agronegócio

Caravana Tecnológica percorre quatro municípios do Estado do Rio de Janeiro em 2016

Objetivo da Caravana Tecnológica é realizar uma aproximação junto aos agricultores familiares do RJ
Por:
359 acessos

Objetivo da Caravana Tecnológica é realizar uma aproximação junto aos agricultores familiares do RJ

O programa Caravana Tecnológica para a Agricultura Familiar, promovido pela Embrapa Agroindústria de Alimentos em parceria com a Embrapa Agrobiologia, termina o ano com ações realizadas no Rio de Janeiro, Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Foram repassados conteúdos técnicos, realizadas prospecções de demandas para pesquisa e transferência de tecnologia e fortalecidas parcerias com lideranças ligadas à Agricultura Familiar. A iniciativa foi criada em 2014 com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário, e esse ano recebeu financiamento do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para ações de divulgação científica e popularização da ciência.

"O objetivo principal da Caravana Tecnológica é realizar uma aproximação junto aos agricultores familiares do Rio de Janeiro para identificar as principais demandas a fim de buscar soluções conjuntas. Pretendemos dar prosseguimento ao trabalho em 2017 com nossos parceiros, promovendo ações para atendimento de demandas identificadas e chegando a outras comunidades rurais", diz Mauro Pinto, pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos. Dentre os temas a serem trabalhados no próximo ano nas mesmas regiões estão Pós-Colheita de Frutas, Manuseio Mínimo de Hortaliças e Boas Práticas de Fabricação em Agroindústria Familiar.

As Caravanas Tecnológicas

No mês de abril, uma equipe de pesquisadores da Embrapa Agroindústria de Alimentos realizou visita técnica ao campo de produção de caqui orgânico da Associação de Produtores de Vargem Grande (Agrovargem), na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Foram repassadas orientações prévias para manejo e pós-colheita do caqui, e levantadas demandas para manejo agroecológico do caqui e treinamento de várias etapas de pós-colheita da fruta. A ação contou com a parceria do Projeto Ambientes de Interação Agroecológica (AIA) da Embrapa Agrobiologia e da Rede Carioca de Agricultura Urbana.

Em novembro, agricultores orgânicos do município de Petrópolis receberam visita da equipe técnica da Embrapa Agroindústria de Alimentos e da Embrapa Agrobiologia. Em um campo de produção orgânica de hortaliças no sítio do Sr. Gustavo Mello na comunidade rural do Brejal, em Petrópolis, foram levantadas demandas nas áreas de cultivo e manejo de hortaliças (rotação de culturas, sistema de irrigação, substratos orgânicos e uso de defensivos biológicos), agroindústria (Boas Práticas de Fabricação, planejamento, implantação e legalização de agroindústria) e pós-colheita de hortaliças (manuseio mínimo de hortaliças, embalagens, transporte, lavagem e higienização). Logo após, ocorreu uma roda de conversa com a participação de mais de 20 agricultores e parceiros para esclarecimentos gerais sobre planejamento e instalações de agroindústrias e conceito de manuseio mínimo de hortaliças. Essa atividade contou com o apoio da Associação dos Agricultores Biológicos do Rio de Janeiro (ABIO).

No município vizinho, também no mês de novembro, a mesma equipe realizou visita à Feira Agroecológica de Teresópolis e ao campo de produção orgânica no sítio de um agricultor rural associado à AAT – Associação de Agroecologia de Teresópolis. Na ocasião, foram levantadas as principais dúvidas e dificuldades dos produtores nas áreas de agroindústria e pós-colheita de hortaliças. O encontro foi seguido de uma roda de conversa para esclarecimentos gerais sobre planejamento, legalização e instalações de agroindústrias e de temas ligados à área de pós-colheita de hortaliças.

Nesse último mês de dezembro, pesquisadores da Embrapa Agroindústria de Alimentos e Embrapa Agrobiologia realizaram palestra e roda de conversa sobre planejamento e implantação de agroindústria na Associação de Produtores do Rio Grande em Nova Friburgo, RJ. Também ocorreu uma reunião técnica para planejamento, orientação e elaboração de questionário de pesquisa de campo com vistas ao planejamento de agroindústrias na comunidade rural do Rio Grande e que deverá ser aplicado por uma das parceiras da Associação.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink