Carazinho/RS ainda espera a Aurora

Agronegócio

Carazinho/RS ainda espera a Aurora

Por:
199 acessos
O anúncio de que o frigorífico da Cooperativa Aurora em Joaçaba (SC) continuará parado em função da crise colocou um ponto de interrogação no projeto da cooperativa em Carazinho. Anunciado em outubro de 2007, o projeto gaúcho contemplaria abatedouro, incubatório, granjas e fábrica de rações. A unidade teria capacidade para 300 mil aves/dia, gerando 3,2 mil empregos. O prefeito de Carazinho, Aylton Magalhães, afirmou que o projeto ainda é uma realidade. "Isso foi confirmado pelo presidente da Aurora, Mário Lanznaster, em reunião em Chapecó", destacou o prefeito, ao informar que o conselho de administração da cooperativa voltará a analisar a questão no próximo ano. "Temos que aguardar e estamos prontos para retomar as negociações no que se refere à infraestrutura e quaisquer providências que estejam ao alcance da administração municipal."

O prefeito ressaltou que a área escolhida pela cooperativa para a unidade permanece com o decreto de desapropriação. Segundo ele, tão logo sejam retomadas as tratativas, o processo para a desocupação também terá prosseguimento.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink