Carne bovina: mercado virou

Carne

Carne bovina: mercado virou

Na média de todos os cortes pesquisados a desvalorização foi de 1,7% nestes primeiros dias de 2019
Por:
973 acessos

Desde novembro do ano que passou, semana após semana os preços da carne bovina sem osso vendida no atacado pelos frigoríficos acumulavam valorizações, contudo nos últimos sete dias o mercado entrou em revés. Na média de todos os cortes pesquisados a desvalorização foi de 1,7% nestes primeiros dias de 2019.

Este desempenho de certa forma já era esperado, pois janeiro é sazonalmente marcado pela mudança de comportamento das vendas, que começam a recuar após um período de intenso crescimento, normalmente observado nas últimas semanas do ano que se encerrou. Mas vale lembrar que, ao longo de 2018 o consumo interno não surpreendeu, porém conseguiu absorver o aumento dos abates sem grandes pressões nos preços da carne. 

E embora a margem da indústria em 2018 tenha ficado ao redor de 6 pontos percentuais abaixo da média de 2017 é preciso considerar que em 2018 esta margem foi construída em cima de preços mais sustentados da matéria-prima (boi gordo). Mas para este ano que se inicia as expectativas colaboram para preços mais firmes no mercado da carne, tanto pelo possível aumento da demanda doméstica, em decorrência da retomada mais consistente da situação da economia, quanto pela diminuição da oferta de gado, em função do início do ciclo de retenção de matrizes.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink