Carne bovina: sem espaço para altas de preços no varejo

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Carne

Carne bovina: sem espaço para altas de preços no varejo

Vendas estão fracas e impossibilitando reações no preço da carne bovina
Por:

As vendas estão fracas e impossibilitando reações no preço da carne bovina. Em São Paulo, por exemplo, na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria, as cotações caíram 0,3% na semana passada. Em Minas Gerais as referências ficaram estáveis, na mesma comparação. Neste mesmo intervalo, no Paraná os preços subiram 0,5% e no Rio de Janeiro 0,4%. Em ambos os estados os açougues e supermercados têm trabalhado com estoques mais justos.

No mercado paulista, como as últimas duas semanas foram marcadas por queda nos preços, a margem de comercialização encurtou e está em 63%. Três pontos percentuais abaixo do que no início deste mês. O recebimento dos salários deve surtir efeito somente na segunda semana de abril, portanto, para os próximos dias não são esperadas grandes movimentações no varejo da carne bovina.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink