Carne de frango iniciou 2013 retrocedendo aos níveis de 2010
CI
Agronegócio

Carne de frango iniciou 2013 retrocedendo aos níveis de 2010

Em relação a janeiro de 2013 houve um recuo de 5,66%
Por:
Nas estimativas da APINCO, em fevereiro passado o Brasil produziu não mais que 909.425 toneladas de carne de frango, volume 13,5% menor que o do mesmo mês do ano passado. Em relação ao mês anterior, janeiro de 2013, houve um recuo de 5,66%. Mas isto em termos nominais, porquanto em valores reais (isto é, levando em conta que fevereiro tem apenas 28 dias) o que se observou foi um aumento próximo de 4,5%.


Porém, mesmo esse aumento não teve grande significado, pois o volume de carne de frango produzido no primeiro bimestre de 2013 foi não só o menor registrado nos últimos três anos, como também recolocou a produção brasileira nos mesmos níveis registrados em idêntico período de 2010, ocasião em que o bimestre foi fechado com 1,871 milhão de toneladas. Ou seja: ao somar pouco mais de 1,873 milhão de toneladas, o que se produziu em janeiro-fevereiro de 2013 recuou mais de 15% em relação ao bimestre inicial do ano passado e ficou apenas 0,1% acima do alcançado em idênticos meses de 2010.


Levando em conta que, na média (2005-2011, sete anos), a produção do bimestre inicial do exercício correspondeu a pouco mais de 15,5% do volume anual, tem-se para a totalidade de 2013 algo em torno dos 12 milhões de toneladas – ou seja, o menor volume dos últimos quatro anos. Mas, a esta altura do ano, é prematura qualquer projeção anual a partir daqueles números.


De toda forma, o volume acumulado nos últimos 12 meses não se encontra muito longe do que está sendo projetado a partir da média: soma, entre março de 2012 e fevereiro deste ano, 12,3 milhões de toneladas e registra recuo de 5,54% em relação a idêntico período anterior.

 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.