Carne suína: Santa Catarina recebe consultoria italiana
CI
Agronegócio

Carne suína: Santa Catarina recebe consultoria italiana

Por:

O secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Antonio Ceron, e o diretor de Sanidade e Defesa Agropecuária, Roni Barbosa, estiveram reunidos, nesta semana, com o diretor do Instituto Zooprofilático Experimental G.Caporale da Itália, Vincenzo Caporale, para cumprir mais uma etapa da consultoria interna sobre procedimentos sanitários e de legislação para produção de carne suína.

A equipe italiana chegou ao Brasil na segunda-feira (6) e permaneceu até quinta-feira (9), para visitas de cooperação técnica entre o Instituto, a Secretaria da Agricultura e o setor produtivo e industrial de carne suína. O objetivo principal deste processo de cooperação foi adequar a estrutura produtiva e o sistema de gestão de saúde animal de suínos de Santa Catarina aos procedimentos da União Européia para exportar a produção catarinense ao bloco econômico.

Segundo Roni Barbosa, o fato de Santa Catarina ter obtido a certificação internacional de Estado livre da febre aftosa sem vacinação está permitindo buscar novos mercados para a carne suína catarinense. "Funciona
como uma compensação às dificuldades para continuar exportando para a Rússia", disse.

Também participaram das reuniões e encontros durante a visita: o presidente da Cidasc, Edson Veran; o consultor técnico do Icasa, Gerson Catalan; o conselheiro executivo do Icasa, Ricardo Gouvêa; e o diretor técnico da Cidasc, Gécio Meller.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.