Carne suína está liberada para entrar na Argentina
CI
Agronegócio

Carne suína está liberada para entrar na Argentina

“Temos novamente o comércio com a Argentina restabelecido”, comemora Mendes
Por:
“Temos novamente o comércio com a Argentina restabelecido”, comemora Mendes

A carne suína brasileira está autorizada a ingressar na Argentina. O governo daquele país se comprometeu a liberar a entrada, durante o segundo semestre deste ano, de um volume similar ao que o Brasil exportou no mesmo período de 2011, que corresponde a 27 mil toneladas de carne suína in natura, industrializada e miudezas.


“Chegamos a bom termo. Temos novamente o comércio com a Argentina restabelecido”, comemora o ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho. “As negociações representaram um trabalho de paciência realizado pelo Governo, que não mediu esforços para recuperar o mercado vizinho. Tivemos que ouvir técnicos em desconformidade com a nossa postura, mas sabíamos onde precisávamos chegar e chegamos”, conclui.


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento integrou a equipe do Governo Federal nas negociações entre os dois países, que vem ocorrendo desde março deste ano, quando a Argentina travou as importações brasileiras de carne suína. Além de reuniões técnicas, diversas tentativas foram feitas para desbloquear o comercio bilateral.


Mendes Ribeiro Filho se encontrou com o ministro da Agricultura argentino, Norberto Yahuar, em três ocasiões e também manteve audiência com o embaixador da Argentina no Brasil, Luis Maria Kreckler. Outros contatos foram realizados entre os ministros de Relações Exteriores e o de Desenvolvimento, Indústria e Comércio dois países. E o embaixador do Brasil na Argentina, Enio Cordeiro reuniu-se com o secretário argentino de Comércio Interno, Guillermo Moreno.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink