Carne suína segue em queda antes do fim da Quaresma
CI
Agronegócio

Carne suína segue em queda antes do fim da Quaresma

Dados são do Centro de Estudos em Economia Aplicada (Cepea)
Por:
Os preços da carne suína continuam em queda no mercado atacadista, antes do fim do período de Quaresma, apontou o Centro de Estudos em Economia Aplicada (Cepea) nesta quarta-feira.

Segundo o Cepea, apesar de estar enfraquecida a tradição religiosa de parte da população de não consumir carnes no período, a redução da demanda por este motivo ainda afeta o mercado nacional.

Representantes da indústria consultados pelo centro apontam que, neste início de ano, o principal motivo para a retração dos preços foi a queda da demanda. Nem mesmo a isenção de impostos federais sobre a comercialização das carnes no varejo, em vigor desde o início de março, tem impulsionado as vendas, acrescentaram.

Na última semana, considerada crítica para as vendas por conta da proximidade da Sexta-feira Santa, a desvalorização do suíno vivo segue acentuada. O preço no Oeste Catarinense registrou uma queda de 7,8 por cento, passando para a média de 2,91 reais por kg (animal vivo).

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.