Carrefour triplica receita com exportação agrícola
CI
Agronegócio

Carrefour triplica receita com exportação agrícola

Por:

O grupo francês Carrefour mais do que triplicou as exportações agrícolas de sua subsidiária brasileira para a Europa. A rede varejista encerrou o ano com uma receita de exportação de US$ 36,253 milhões, 226% acima dos US$ 11,114 milhões fechados em 2002. Na cesta de produtos exportados, estão o farelo de soja, camarão cinza e frutas.

"Todos os produtos exportados têm o selo de garantia de origem Carrefour, implementado no Brasil há mais de quatro anos", afirmou ao Valor Arnaldo Eijsink, diretor de commodities do Carrefour no Brasil.

As exportações da subsidiária brasileira começaram tímidas, com 50 toneladas de camarão cinza, a partir de 2001, e ganharam força no ano seguinte, explicou Eijsink. Atualmente, as frutas, camarão cinza e o farelo de soja fazem parte dos principais produtos agrícolas embarcados para as lojas da rede francesa na Europa. A expectativa é de que este ano as receitas com os embarques cresçam, no mínimo, 20%, calculou o executivo.

No ano passado, a rede Carrefour no Brasil embarcou 1.847 toneladas de camarão, um aumento de 85% sobre o ano anterior, com receita de US$ 4,5 milhões. Já as exportações de farelo de soja totalizaram cerca de US$ 20 milhões no ano passado. "Todo o farelo de soja é usado na produção de ração animal, que é comercializado na rede de lojas da França", afirmou Eijsink.

Segundo ele, as frutas brasileiras estão ganhando cada vez mais espaço nas gôndolas dos supermercados da Europa. "Antes, a França importava as frutas do Equador, onde não há nenhuma loja Carrefour. Boa parte das frutas agora sai do Brasil, que tem certificado de origem ", afirmou.

Os embarques de limão tahiti aumentaram mais de seis vezes, para 760 toneladas em 2003. As vendas de laranja e tangerina subiram quase 60% no mesmo período. "Também estamos aumentando nossa parceria com os produtores do Brasil", afirmou. Além disso, a multinacional começou a exportar carne bovina para Portugal em 2003, com um total de 42 toneladas. "Pretendemos ampliar esses volumes", disse.

Com um faturamento no Brasil da ordem de R$ 10,8 bilhões em 2003 e 85 hipermercados com a bandeira Carrefour e 102 lojas com a bandeira Champion, a rede francesa mantém no país quatro fazendas no Nordeste, das quais três em Pernambuco e uma na Bahia, onde as uvas são cultivadas. Mais da metade das 3,24 mil toneladas exportadas da fruta sai das próprias videiras do Carrefour. No Centro-Oeste, são dez fazendas com gado de corte, das quais sete são arrendadas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink