Carregamento de milho do Brasil deve chegar aos EUA no próximo mês

Agronegócio

Carregamento de milho do Brasil deve chegar aos EUA no próximo mês

Navio está ancorado perto do porto de Paranaguá, no Paraná
Por:
2699 acessos

Um carregamento de milho brasileiro deve chegar a um porto da Costa Leste dos Estados Unidos no próximo mês, de acordo com dados das embarcações divulgados nesta quinta-feira, apesar da oferta apertada e preços recordes no Brasil, que em breve poderá importar a commodity dos EUA. O navio Samsun está programado para chegar ao porto de Wilmington, na Carolina do Norte, em 20 de julho, de acordo com o cronograma do porto. O navio está ancorado perto do porto de Paranaguá, no Paraná, à espera de ser carregado com 54.000 toneladas de milho, mostraram dados da Reuters.

Após embarques historicamente altos no início do ano, as exportações de milho do Brasil caíram nos últimos dois meses, depois que o clima seco prejudicou a safra brasileira e elevou os preços internos para níveis recordes. Desde então, o Brasil passou a importar milho, principalmente da Argentina e do Paraguai, e em breve poderá recorrer aos EUA, maior exportador mundial do grão.

O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, disse nesta quinta-feira que o governo brasileiro está se preparando para abrir provisoriamente as importações para algumas variedades de milho geneticamente modificado dos EUA para aliviar a crise de abastecimento local. A medida poderia abrir as portas para a exportação de até 500 mil toneladas de milho dos EUA para o Brasil, um volume mínimo para atender as necessidades no curto prazo até a colheita das culturas de inverno do Brasil acelerar em julho, disse Pedro Dejneka, sócio-gerente da consultoria AGR Brasil.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink