Cartilha orienta contra incêndio na colheita do milho

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Divulgação
CUIDADO

Cartilha orienta contra incêndio na colheita do milho

Altas temperaturas, baixa umidade relativa do ar e a falta de chuvas contribuem para fagulhas
Por: -Eliza Maliszewski

Em tempos de colheita da safrinha no Mato Grosso e com o grande número de máquinas no campo, alguns fatores podem acentuar riscos de incêndio. Altas temperaturas, baixa umidade relativa do ar e a falta de chuvas contribuem para fagulhas que podem queimar toda a lavoura e gerar grandes prejuízos.

A  Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), em parceria com o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso (CBMMT), orienta o produtor rural na prevenção e alerta para algumas táticas que podem ajudar a salvar a safra neste período de seca que se aproxima. Foi disponibilizada uma cartilha de prevenção e combate.

Algumas dicas de prevenção são necessárias para evitar danos causados pelo fogo. Está colhendo? Tenha por perto: máquinas disponíveis para a confecção de aceiros emergenciais; caminhão-pipa; materiais para primeiros socorros; instrumentos para orientação (bússola, GPS); equipamentos para iluminação, se for o caso; material para combate (abafador, mochila costal e material de sapa); equipamentos de comunicação; instrumento que determine a direção e a velocidade do vento; máquina fotográfica; disponibilidade de água para hidratação do pessoal em combate.

Para uma colheita segura, a Aprosoja faz algumas recomendações, principalmente no que diz respeito aos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). A equipe de colaboradores que iniciará a colheita, deve estar devidamente equipado (EPIs), colher primeiramente as bordaduras, manter reservatórios de água ou caminhão-pipa próximo da máquina colhedora,  verificar pontos abundantes de captação de água para abastecimento do caminhão-pipa (rios, represas, lagoas etc.), ter um plano de comunicação (celular, rádio etc.), além de informar os proprietários de fazendas vizinhas sobre o período que será realizada cada colheita (início e término) para que fiquem alerta.

Ainda de acordo com as orientações da cartilha, para se ter resultado de uma colheita segura é necessário estabelecer procedimentos e condutas, tais como: evitar acidentes ao colaborador e às pessoas no local, prevenir incêndio florestal, preservando a vida, o meio ambiente e o patrimônio.

Para o 2º vice-presidente Sul da Aprosoja-MT, Fernando Ferri, é muito importante as ações preventivas para evitar acidentes com fogo durante o período de colheita do milho. “O produtor deve estar atento e com uma equipe e máquinas preparadas. É uma grande preocupação que não haja incêndios involuntários e posteriormente venham multas e outros prejuízos. Por isso, a entidade todos os anos realiza campanhas de prevenção”, pontuou Ferri.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink