Cenário internacional mantém preço do milho firme

Milho

Cenário internacional mantém preço do milho firme

Mercado se volta para o andamento da semeadura de milho nos Estados Unidos
Por:
109 acessos

Após a quebra da safra argentina, o mercado se volta para o andamento da semeadura de milho nos Estados Unidos. O plantio do cereal está 10% atrasado em relação à safra anterior (2017/2018). O atraso na semeadura nos EUA e a demanda mundial aquecida colaboram com o cenário de preços sustentados.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas-SP, a saca de 60kg de milho está cotada, em média, em R$38,70, sem o frete. Na comparação com março último houve desvalorização de 0,3%. Porém, frente a abril do ano passado o produto está custando 40,2% mais. Para os próximos meses, a expectativa é de que com a maior disponibilidade do milho (colheita de segunda safra) os preços percam força.

Entretanto, a menor produção argentina e o clima adverso no cinturão do milho (nos EUA) devem limitar as desvalorizações no mercado brasileiro. Outro ponto de atenção é o câmbio, que pode afetar o preço do cereal no mercado interno.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink