Centro-Oeste promove maior leilão de Devon meio sangue do Brasil

Agronegócio

Centro-Oeste promove maior leilão de Devon meio sangue do Brasil

Leilão promovido pela SHP com 1097 cabeças de Devon meio sangue será realizado dia 10 de maio
Por: -Joana
1211 acessos
A Santa Helena Pecuária (SHP) realiza dia 10 de maio, às 19h, leilão com 1097 cabeças de Devon meio sangue de seu próprio plantel, além de mais 503 cabeças de criadores convidados. O evento será transmitido pelo Canal do Boi. O grupo de fazendas localizadas nos município de Alcinópolis e Figueirão (Mato Grosso do Sul), tem seu trabalho de melhoramento genético reconhecido pelo mercado, confinadores e pecuaristas a partir do cruzamento de Nelore com o Devon. É a pecuária localizada no Centro-Oeste que trabalha com o maior número de exemplares com esse tipo de cruzamento.


A Raça Devon é utilizada pela Santa Helena Pecuária há seis anos com o objetivo de desenvolver animais com melhor rendimento de carne e precocidade. De acordo com o proprietário da Pecuária, Alexandre Ferrari, “o cruzamento do Nelore com o Devon gera uma mistura muito interessante para os criadores porque os animais aliam a rusticidade da raça indiana com a precocidade e qualidade de carne da raça britânica”.


Além disso, uma das grandes qualidades da utilização do Devon para cruzamentos é sua adaptabilidade ao clima do Centro-Oeste. Ferrari afirma que “a raça Devon adaptou-se muito bem ao Brasil central, o que é muito difícil para uma raça britânica. Temos 250 touros Devon PO cobrindo aproximadamente de 5 mil vacas Nelore a campo e o índice de prenhez chega a 80%”.


Os resultados deste manejo bem-sucedido puderam ser comprovados no abate técnico realizado em abril no Frigorífico River para avaliar a qualidade de seu rebanho. Foram abatidas 90 fêmeas Devon meio sangue com 27 meses. O rendimento de carcaça chegou a 52%, o peso médio do rebanho ficou em 424 Kg e a capa de gordura atingiu de 5 a 6 milímetros de espessura. Estas qualidades garantem aos criadores um bom retorno para seu produto e para os consumidores uma carne mais macia e saborosa. “É importante ressaltar que os animais não são suplementados e sua alimentação é feita exclusivamente a base de capim e sal-mineral”, destaca Ferrari.


A Santa Helena fornece carne para o Carrefour, por meio da Associação Mato-grossense de Novilho Precoce, para restaurantes e clientes específicos.

As informações são da Moglia Comunicação Empresarial

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink