Ceplac lança cartilha e revista visando transferir tecnologia
CI
Agronegócio

Ceplac lança cartilha e revista visando transferir tecnologia

Por:
ACS/Ceplac/Sueba - A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), do Ministério da Agricultura (Mapa), lançou nesta terça-feira (20), durante solenidade no Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec), a Revista Difusão Agropecuária e a cartilha Melhoria da Qualidade do Cacau, editada pelo Centro de Extensão (Cenex). As publicações visam transferir tecnologia aos produtores brasileiros de cacau, reforçar o trabalho dos extensionistas no campo e melhorar a comunicação da instituição com sua clientela.


O chefe do Cepec, Adonias de Castro Virgens Filho, destacou que a revista, elaborada a partir de pesquisas, entrevistas e temas abordados pelos pesquisadores, pretende dar continuidade ao trabalho difusor da publicação Cacau Atualidades, editada com sucesso no passado. A publicação demonstra à sociedade que a Ceplac está firme como organização destinada a produzir ciência para enfrentar os efeitos econômicos, sociais e ambientais da crise que se abateu sobre a região cacaueira, afirma o chefe da Cepec.

Além de elencar os temas abordados na publicação, Adonias disse que o veículo tem como missão promover o desenvolvimento rural sustentável das regiões produtoras nos biomas Mata Atlântica e Floresta Amazônica, e lembrou que as indústrias chocolateiras têm se mostrado dispostas a cooperar com a Ceplac na busca de mecanismos que favoreçam a transferência tecnológica ao produtor rural, citando as interações com a Cargill, Barry Calebeaut, Kraft Foods e Nestlé.

Ao lançar a cartilha sobre processos para e melhoria da qualidade do cacau, o chefe do Cenex, Sérgio Murilo Correia Menezes, destacou as parcerias com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb) e o Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), além de anunciar outras sete publicações para o próximo ano.


Os novos temas a serem abordados para agricultura familiar e pequena produção pelos pesquisadores, assessoria técnica e extensionistas incluem sistemas agroflorestais (SAFs), Agroecologia, Piscicultura, Apicultura, Criação de Galinha Caipira, Compostagem Orgânica e Produção de Hortas em Garrafas Pet, este último, um caso de sucesso na merenda escolar, depois de sua aplicação em escolas públicas.

O superintendente de Desenvolvimento da Região Cacaueira da Ceplac, Juvenal Maynart Cunha, enfatizou que a instituição pretende estreitar sua interação com os cacauicultores baianos, principalmente pelas consequências advindas com a vassoura-de-bruxa há quase 25 anos. É preciso que tenhamos soluções para que o produtor continue confiando na ação da Ceplac, que detém tecnologia e um conjunto de cientistas e pesquisadores dos mais respeitados internacionalmente. Com os esforços do Cepec e do Cenex, haveremos de encontrar soluções para o País retomar sua importância na produção de cacau de qualidade, reforçou.

A Revista Difusão Agropecuária, com tiragem de cinco mil exemplares, e a cartilha Melhoria da Qualidade do Cacau, com 12 mil exemplares, serão distribuídas aos Núcleos Regionais e Escritórios Locais da Ceplac, associações e cooperativas, instituições de pesquisa, além da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater).


O arquivo estará disponível no site da Ceplac, onde poderá ser baixado por qualquer pessoa interessada em conhecer as novidades tecnológicas, o comportamento do mercado interno e externo e aspectos relativos à diversificação agropecuária, incentivada e apoiada pela Ceplac, em parceria com diversas instituições.

O lançamento das publicações foi prestigiado pelos jornalistas Ramiro Aquino, presidente regional da Associação Bahiana de Imprensa (ABI/Sul), e José Adervan Oliveira, editor do jornal Agora, em Itabuna, pelo diretor da TV Santa Cruz, Eustácio Gonzaga, pelos presidentes da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Agronegócio do Cacau e Sistemas Florestais Renováveis do Ministério da Agricultura, Durval Libanio, Associação dos Produtores de Cacau (APC), Henrique de Almeida, e da Central Nacional dos Produtores de Cacau (CNPC), Wallace Coelho Setenta, e José Bezerra, da Associação dos Funcionários da Ceplac em Ilhéus (AFC).

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.