Ceplac organiza seminário sobre própolis e pólen na Bahia
CI
Agronegócio

Ceplac organiza seminário sobre própolis e pólen na Bahia

Evento destaca exploração dos subprodutos apícolas nas regiões com maior potencial
Por:
Evento destaca exploração dos subprodutos apícolas nas regiões com maior potencial

A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) iniciou nesta quarta-feira, 15 de maio, o II Seminário Brasileiro de Própolis e Pólen, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, em Ilhéus, com o objetivo de fortalecer a Apicultura e Meliponicultura Brasileiras. O evento vai até próxima sexta-feira (17).


Serão destacadas as propriedades, preservação ambiental, organização social, gestão e mercado, além da necessidade de impulsionar a exploração dos subprodutos apícolas pólen e própolis nas regiões com maior potencial.

O evento será organizado com palestras e mesas-redondas, oficinas, exposição de painéis com resumos de trabalhos científicos das diversas áreas de conhecimento, feira de produtos e equipamentos apícolas e meliponícolas. Além disso, a programação prevê concursos de produtos, inovações tecnológicas, rótulos, painéis, caravanas, estandes e fotografias, além de, também, oferecer exposição de cunho sócio-ambiental no espaço externo, aberta ao público.

Paralelos ao evento, que tem como tema “Organizar para Competir”, serão realizados também o V Congresso Baiano de Apicultura e Meliponicultura, o VII Seminário de Própolis do Nordeste e a II Feira da Cadeia Produtiva da Apicultura e Meliponicultura.

Durante o V Congresso Baiano de Apicultura e Meliponicultura, os debates vão focar os diversos aspectos produtivos do mel de abelhas sem ferrão e com ferrão, desde o manejo visando alta produtividade até a comercialização. O estado da Bahia é um dos grandes produtores brasileiros de mel, e o evento é um convite aos produtores para trocar experiências, aperfeiçoar seus sistemas de produção e pesquisar novas tecnologias e produtos na Feira Apícola, que contará com a presença das principais empresas do Brasil no ramo.


A Bahia se destaca como um dos maiores produtores de pólen apícola desidratado do Brasil. Isso se deve a disponibilidade de uma vasta vegetação polinífera e principalmente devido às técnicas empregadas pelos produtores. “Ao participar do seminário o produtor terá oportunidade de conhecer as técnicas utilizadas pelos apicultores da Bahia e de outros estados do Brasil”, asseguram o organizador do evento, o pesquisador da Ceplac Edney de Oliveira.

Ele afirma que a Bahia vem crescendo significativamente na produção de mel e produtos apícolas. Segundo estatísticas do IBGE, de 2001 para 2011 o estado saiu de uma produção inicial de 300 toneladas para 2.646 toneladas, colocando a Bahia em 3º lugar na produção de mel no Nordeste e em 7º no Brasil.

“O estado lidera o ranking nacional de produção de pólen apícola, tendo inaugurado a primeira Unidade de Beneficiamento de Pólen do Brasil, e também é o maior produtor nacional de própolis vermelha, produtos explorados de forma mais intensa no litoral sul do estado, com indicação de viabilidade econômica em todo litoral brasileiro”.


Um pouco da história

Desde 2001, a Ceplac realiza a cada dois anos o Seminário Nordestino de Própolis e Pólen, evento que após sete edições passou a se chamar Seminário Brasileiro de Própolis e Pólen (SBPP), com a contribuição de novos parceiros, a exemplo da Confederação Brasileira de Apicultura (CBA) e Secretaria da Agricultura do Estado da Bahia (Seagri).
Desde 2000, por sua vez, o Governo do Estado da Bahia, junto com o Sebrae e associações de apicultores, vem realizando o Congresso Baiano de Apicultura e Meliponicultura (Conbapi). Na 4ª e última edição, em Porto Seguro (2007), foi fundada a Federação Baiana de Apicultura e Meliponicultura (Febamel), que representa 56 associações e cooperativas apícolas do estado e tem como um dos objetivos a realização do Conbapi.

“Para o ano de 2013 a Ceplac e a Febamel propuseram a realização conjunta do II SBPP e do V Conbapi. A ideia foi discutida junto aos parceiros e aprovada no Congresso Brasileiro de Apicultura em maio de 2012 (Gramado-RS) e chancelada pela Câmara Setorial de Apicultura e Meliponicultura, vinculada à Seagri, em reuniões nos meses de setembro e dezembro”, explica Edney.


A realização conjunta dos dois eventos, afirma o organizador, potencializará a união e cooperação dos apicultores e meliponicultores da Bahia, do Nordeste e do Brasil por meio das suas entidades representativas, proporcionando a avaliação e discussão de políticas públicas e ações para o desenvolvimento do setor, junto às autoridades e técnicos presentes ao Congresso, resultando no fortalecimento da capacidade organizacional, gerencial e empreendedora da cadeia apícola.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.