Ceres lança híbridos de sorgo de alta biomassa e sorgo sacarino para a safra 14/15 da cultura

Agronegócio

Ceres lança híbridos de sorgo de alta biomassa e sorgo sacarino para a safra 14/15 da cultura

Novos híbridos resultam do Programa de Melhoramento Genético
Por:
3021 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
Novos híbridos resultam do Programa de Melhoramento Genético da empresa e são de alta produtividade

Dados da safra 2013/14 mostram melhora na produtividade com aumento na produção de etanol por hectare para Sorgo Sacarino e mais biomassa com alto poder calorífico para o Sorgo Alta Biomassa, matérias primas adicionais ao setor sucroenergético


A Ceres Sementes do Brasil anunciou recentemente o lançamento de 3 novos híbridos de sorgo da marca Blade®, sendo dois de sorgo de alta biomassa e um de sorgo sacarino, em complemento aos demais produtos da linha da empresa. Todos resultam do Programa de Melhoramento Genético da empresa e estão liberados comercialmente para a safra 2014/15 da cultura, que terá início no mês de novembro próximo e termina em maio do ano que vem. De acordo com a empresa, os novos híbridos são altamente produtivos.

O sorgo de alta biomassa constitui uma matéria-prima de alta qualidade e pode ser empregado pelas usinas do setor sucroenergético tanto na cogeração de energia elétrica, geração de calor ou, ainda, na fabricação de etanol celulósico (2G). O produto leva vantagem por ser plantado nas áreas de reforma dos canaviais e atinge 50% de umidade ainda no campo, podendo colhido e consumido imediatamente nas caldeiras.

Híbridos de sorgo de alta biomassa têm sido aproveitados com bons resultados também em outros setores produtivos que se valem de biomassa como fonte de energia, incluindo as indústrias citrícola e alimentícia, os frigoríficos e processadores de grãos, dentre outros consumidores de biomassa.

Entram no portfólio da Ceres Sementes a partir de agora os híbridos de alta biomassa Blade® BD7605 e Blade® BD7607. Ambos se somam ao Blade® CB 7520, cultivado pela primeira vez no Brasil na safra 13/14 da cultura, com excelentes resultados.

Blade® BD7605 e Blade® BD7607 constituem híbridos com ampla adaptabilidade agronômica, excelente produtividade e uniformidade na lavoura, segundo informa o gerente de desenvolvimento da Ceres, engenheiro agrônomo Msc José Geraldo Sousa.

“O rendimento desses híbridos no campo traduzem ótimos resultados nas caldeiras, com alto poder calorífico, na faixa de 1.820 kcal/kg com PCI (Poder Calorífico Inferior) a 50% de umidade, e baixos níveis de impurezas minerais”, acrescenta o executivo.

Outro atrativo comum a essas novas variedades, diz Sousa, é sua tolerância ao déficit hídrico, uma característica decorrente do vigor da planta obtido já em seu desenvolvimento inicial.

Com base nos indicadores apurados pela Ceres na safra 13/14, José Geraldo adianta que a linha de híbridos de sorgo alta biomassa Blade®, apresenta produtividade média variou de 26 a 34 toneladas/ha com 50% de umidade, dependendo da regional, chegando a até 47 toneladas por hectare com 50% de umidade.

O estudo mostra ainda que o custo total de produção dos híbridos Blade® de Alta Biomassa estão situados entre R$65 e R$85 por tonelada a 50% de umidade entregue na Usina (CIF), considerando distância de 20km.

“Os híbridos de alta biomassa Blade® já apresentam grande atratividade ao mercado e trazem ao produtor a certeza da biomassa por um período importante para o mercado, em que muitas vezes há falta de biomassa para geração de energia e calor” conclui.

Sorgo sacarino - O terceiro lançamento da Ceres Sementes com vistas à safra de sorgo 14/15 é o híbrido Blade® BD5404 de sorgo sacarino. Trata-se de uma nova opção às empresas que vinham cultivando híbridos como o BRS511, licenciado pela Embrapa com exclusividade para a Ceres - com a finalidade de ampliar a produção de etanol na entressafra da cana-de-açúcar ou início de safra.

Sousa destaca que o novo Blade® BD5404 é um híbrido com excelente desempenho agronômico e altamente resistente ao tombamento, facilitando assim sua colheita.

Além de transferir resultados favoráveis na produção de etanol das usinas, diz o executivo, o bagaço do híbrido também pode ser empregado como biomassa para cogeração de energia e geração de calor, com grande similaridade com o bagaço da cana de açúcar.

No tocante aos híbridos Blade® de sorgo sacarino avaliados pela Ceres na safra 13/14, encerrada em abril último, Sousa frisa que todos registraram saltos de produtividade, a exemplo do que vinha ocorrendo nos anos anteriores.

A produção de etanol por hectare plantado atingiu até 3,9 mil litros/ha, e apresentou entrega média de 2,9 aos 3,3 mil litros/ha, dependendo da regional.

Na avaliação da empresa, a produtividade mínima necessária para viabilizar economicamente o plantio comercial de sorgo sacarino nas usinas é de 2,5 mil litros de etanol por hectare, com projeção de no mínimo 5 dias de moagem, com processamento em no máximo 24 horas após a colheita, garantindo a qualidade da matéria prima.

Uma projeção da consultoria Datagro, divulgada recentemente pela Agência de Notícias CMA, indica que a cultura do sorgo sacarino pode adicionar 5 bilhões de litros de etanol à produção brasileira, que é da ordem 25 bilhões de litros anuais.

A Ceres Sementes do Brasil oferece a empresas selecionadas um Programa de Segurança, que conta com contrapartidas garantindo produtividade média na lavoura. O programa é válido para o período 2014/15. A empresa adianta que sua equipe técnica oferecerá suporte agronômico e tecnológico no manejo do portfólio de híbridos Blade® para clientes selecionados de todas as regiões onde os produtos são recomendados.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink