Cesta básica em Cuiabá está quase R$ 30 mais cara que em 2015

Agronegócio

Cesta básica em Cuiabá está quase R$ 30 mais cara que em 2015

O feijão em 2016 foi um dos grandes vilões da cesta básica em Cuiabá e um dos motivos para ela encerrar o ano R$ 27,80 ou 7,1% acima do constatado
Por:
388 acessos

O feijão em 2016 foi um dos grandes vilões da cesta básica em Cuiabá e um dos motivos para ela encerrar o ano R$ 27,80 ou 7,1% acima do constatado em dezembro de 2015. Dezembro encerra com a cesta básica cotada em R$ 419,10. O maior pico verificado em 2016 na soma dos 13 itens considerados essenciais para a alimentação de uma pessoa foi verificado em outubro quando atingiu o montante de R$ 451,00. 

Em dezembro de 2015 a cesta básica em Cuiabá estava cotada a R$ 391,30. Já em janeiro deste ano a média verificada foi de R$ 427,90, segundo levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). 

A alta, ante 2015 e no decorrer de 2016, foi "motivada pela pressão dos preços de alguns alimentos, como o feijão, que atingiu o maior preço médio nominal anual na série histórica do Imea".

O cuiabano gastou somente com feijão 47% a mais em 2016, um salto de R$ 21,40 para R$ 31,50. O pacote de um quilo do feijão carioca chegou a ser encontrado na capital mato-grossense na casa dos R$ 15.

Outros vilões de 2016 foram o açúcar com aumento de 52% e a banana de 51%. Já o tomate (-27%) e a batata (-35%) foram os "mocinhos".

A carne apresentou incremento de apenas 4%, subindo de R$ 137,50 para R$ 142,80. O leite de 19% de 20,20 para R$ 24,00 de dezembro de 2015 para 2016. O arroz subiu 25% e a farinha 20%.

Confira levantamento do Imea:


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink