Chega ao Brasil primeiro trator a biometano do mundo
CI
Imagem: Divulgação
MÁQUINAS

Chega ao Brasil primeiro trator a biometano do mundo

Modelo chega via importação e estará à disposição em todo o país
Por: -Eliza Maliszewski

O Brasil recebe oficialmente o primeiro trator do mundo movido a gás metano. Até então a máquina estava no país apenas desde 2017 para testes de campo como protótipo. O lançamento ao público ocorre durante o Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR), nesta semana.

O modelo T6 Methane Power é produzido pela New Hollanda em Basildon, na Inglaterra, e chega via importação. A máquina estará à disposição dos clientes da marca em todo o país. O trator biometano inaugura um novo segmento de máquinas agrícolas, por sua inovação no uso de combustíveis alternativos e mais amigáveis ao meio ambiente.

“É com muito orgulho que apresentamos aos agricultores e pecuaristas brasileiros essa nova tecnologia, que reforça a nossa liderança no desenvolvimento de combustíveis alternativos, mais amigáveis ao meio ambiente e que entregam a mesma eficiência energética e operacional de um trator convencional, além de possuir uma melhor relação de custo-benefício para o produtor rural”, ressalta Rafael Miotto, vice-presidente da marca para a América Latina.

A tecnologia de propulsão por biometano oferece inúmeras vantagens ambientais, incluindo a redução de até 80% das emissões em comparação com um motor diesel padrão. Ao usar o biometano, o impacto de carbono da máquina é virtualmente zero, e uma redução de custos entre 25% e 40% pode ser alcançada quando comparada com os combustíveis convencionais.

“Esse tipo de trator dá ao produtor rural a possibilidade de utilizar o biogás gerado dentro da propriedade (a partir dos dejetos dos animais, por exemplo) para abastecer o equipamento, aproveitando o chamado ciclo virtuoso da fazenda, que se torna cada vez mais autossuficiente do ponto de vista energético e ambientalmente correta. E como um extra ainda tem a redução dos seus custos operacionais e tranquilidade no gerenciamento das suas atividades, pois se torna autossuficiente em produção e uso de combustível, ficando livre de todas as incertezas do mercado de combustíveis fósseis”, afirma Cláudio Calaça Júnior, diretor de Marketing de Produto para a América Latina.

A máquina é equipada com motor eletrônico FPT 100% a gás natural, possui transmissão Semi Powershift 16 x 16, tem eixo dianteiro em peça única e suspensão de cabine. A cabine oferece visão 360º e em conjunto com as luzes de LED garante a qualidade das operações, mesmo à noite.

O trator vem equipado, ainda, com a mais moderna tecnologia de telemetria e agricultura digital e vem de fábrica com o sistema de orientação integrada, que oferece controle completo de direção da máquina com o toque de um botão. Também possui o sistema ISOBUS class 2, que traz informações diretamente para o monitor do trator e o Intelliturn, que garante de forma automática as manobras de cabeceira.

De acordo com Bruno Belorini, gerente de Marketing de Produto, o trator movido a biometano surpreenderá os clientes pela sua potência e torque semelhantes a um trator a diesel. O reabastecimento também é simples e muito parecido com o de um carro ou caminhão movido a GNV.

“A vantagem do gás metano como combustível é que ele pode criar um sistema de energia circular. Quando queimado em circunstâncias controladas em um motor como o do T6.180 Methane Power, os subprodutos são dióxido de carbono e água. Quando você considera o CO2 liberado na criação do combustível, não apenas nosso cliente se beneficia da redução de 11% de CO2 no tubo de escapamento, mas também pode se beneficiar da fonte do combustível”, afirma Belorini.

Segundo ele, ao usar o metano produzido a partir de uma usina de biogás com uma mistura de resíduos, os clientes podem obter carbono neutro, mas quando o metano é coletado diretamente de uma lagoa de dejetos, não apenas as emissões de metano são impedidas de escapar para a atmosfera quando está sendo usado em vez de um combustível fóssil, trazendo um benefício duplo na economia de CO2.

Nesse sentido, as fazendas que operam com o biometano podem se tornar não apenas produtoras de alimentos, mas também fontes de combustível, e os tratores movidos a gás são os facilitadores desse processo circular. Produtos residuais, como esterco de gado, podem se tornar valiosas fontes de combustível. Além de ser mais limpo de manusear ao reabastecer e durante a combustão no motor, o metano é um combustível prontamente disponível, o que permite que os produtores rurais comecem a reduzir sua pegada de CO2 imediatamente.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.