Chicago: vendas fracas pressionam mercado

SOJA

Chicago: vendas fracas pressionam mercado

“Além disso, produtores estão segurando o grão à espera de melhores preços"
Por: -Leonardo Gottems
131 acessos

As vendas fracas de exportação acabaram pressionando o mercado e fazendo com que os futuros de soja fechassem em alta nesta quarta-feira (31.10) na Bolsa de Chicago (CBOT). De acordo com o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, o desempenho refletiu ajustes de posição que traders costumam fazer no último dia do mês. 

“Além disso, produtores estão segurando o grão à espera de melhores preços, o que dá algum suporte ao mercado. O CEO da Bunge, Soren Schroder, disse que na América do Norte agricultores ‘muito teimosos’ vêm segurando sua produção recorde, enquanto no Brasil produtores ainda não estão fazendo vendas antecipadas por causa dos baixos preços no mercado futuro e da depreciação do dólar”, escreveu. 

Segundo informou Pacheco, o vencimento janeiro da oleaginosa subiu 4,75 cents (0,56%), para US$ 8,5175 por bushel. Nesse cenário, ele afirma que o avanço da colheita nos Estados Unidos impediu uma alta mais acentuada das cotações, já que o ritmo da colheita não segue o exemplo dos outros anos.  

“De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), os trabalhos avançaram 19 pontos porcentuais na semana passada e atingiram 72% no último domingo. Apesar disso, a colheita ainda está atrasada em relação aos últimos anos”, informa. 

Sendo assim, os ganhos também foram limitados pelo enfraquecimento da demanda pelo grão norte-americano. Nesse cenário, 7,3 milhões de toneladas de soja foram inspecionadas para exportação em portos dos EU desde o início do ano comercial 2018/2019. 

“O volume é 41% menor do que o registrado em igual período do ciclo anterior, de 12,4 milhões de toneladas. Essa redução é preocupante porque no quarto trimestre as vendas norte-americanas costumam ficar mais aquecidas”, conclui.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink