Chile confirma segunda morte por gripe suína da América do Sul

Agronegócio

Chile confirma segunda morte por gripe suína da América do Sul

Chile confirma segunda morte por gripe suína da América do Sul
Por:
224 acessos
Número de afetados pelo vírus A(H1N1) no Chile já chega a 890, seis dos quais se encontram em estado grave

Agência EFE - SANTIAGO DO CHILE - As autoridades chilenas confirmaram neste domingo, 7, a segunda morte causada pela gripe suína neste país, que também é a segunda provocada pela doença em toda América do Sul.

A vítima, de 49 anos e cuja identidade não foi revelada, faleceu hoje no hospital base de Osorno, a 942 quilômetros ao sul de Santiago, após permanecer conectada desde há duas semanas a um respirador artificial.

Segundo a rádio Bío Bio, a informação foi confirmada pelo Departamento de Relações Públicas do hospital, notícia que causou comoção na zona onde se concentram os casos mais graves da gripe no Chile.

O secretário regional do Ministério da Saúde chileno, Bernardo Martorel, viajará até a cidade para divulgar mais detalhes desta segunda vítima fatal no hemisfério sul.

O número de afetados pelo vírus A(H1N1) no Chile já chega a 890, seis dos quais se encontram em estado grave.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink